Comportamento

8 ideias para tornar uma rapidinha inesquecível

Getty Images
Você pode variar o cenário sem correr riscos transando na garagem de casa imagem: Getty Images

Priscila Rodrigues

Colaboração para o UOL

Não é só no cinema e na TV que o sexo arrebatador e apressado rende momentos memoráveis. Na vida real, a “rapidinha” também pode servir como uma modalidade para subir a temperatura entre o casal. A seguir veja dicas para incrementar suas transas curtas.
 
Fontes: Rose Villela, psicóloga e sexóloga de São Paulo; Ricardo Desidério, psicoterapeuta e terapeuta sexual, e Carolina Ambrogini, ginecologista e coordenadora do Projeto Afrodite do Departamento de Ginecologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
  • Busque inspiração

    As cenas de sexo exibidas nos filmes e nas novelas são excelentes para ativar a criatividade. Elas mexem com o imaginário, pois exploram um dos sentidos mais importantes da sexualidade: a visão.

  • Quebre a monotonia

    Embora as rapidinhas estejam comumente associadas à fase inicial de um relacionamento e/ou às paixões proibidas, vale a pena lançar mão desse recurso excitante para tirar qualquer relação da rotina. Um casal há muito tempo junto pode viver uma situação com sabor de aventura ao transar escondido durante uma viagem em família, por exemplo.

  • Adapte a fantasia à vida real

    Na vida real, transar em locais públicos é se arriscar a sofrer algum tipo de violência ou ser alvo de um processo por atentado ao pudor, por isso seja flexível. Se não dá para copiar o cenário do filme ou da novela, inspire-se na atitude ou no visual dos personagens. Leia mais

  • Aproveite a própria casa

    Esqueça o quarto e aproveite os demais cômodas da casa para transar. Chão da sala, pia da cozinha, garagem... Quanto menos usual, melhor. O casal pode ainda ir a um motel com suítes temáticas. Existem estabelecimentos com ambientes inspirados no Quarto Vermelho da Dor ?espaço no qual Christian Grey, personagem do livro ?Cinquenta Tons de Cinza?, colocava em prática suas fantasias sadomasoquistas? e outros que imitam academias, aeroportos, borracharias... Leia mais

  • Não tire toda a roupa

    A graça da rapidinha é justamente a pressa, o ardor da situação. Então, nada de se preocupar em tirar sapatos e meias ou desabotoar blusas e casacos. Contentar-se em abrir o zíper da calça e subir o vestido ou a saia é o suficiente para garantir momentos de prazer.

  • Arrume tempo para sexo oral

    Mesmo com a proposta de um sexo rápido, arranje tempo para uma estimulação do par com sexo oral. As preliminares ?relâmpago? aumentam a excitação e, como o desejo não pode ser atendido, a ânsia de fazer logo sexo torna tudo mais intenso. Leia mais

  • Dispense o conforto

    Se você não costuma apreciar as rapidinhas por causa de possíveis desconfortos ?a maioria delas acontece na posição em pé, que facilita o encaixe? está na hora de rever os seus conceitos. A elevação do nível de serotonina e endorfina -- hormônios que promovem a sensação de bem-estar e deixam o corpo inteiro em estado de alerta-- no organismo ajuda a não sentir dor, caso algum objeto na pia ou na mesa incomode. Em vez de se estressar, conforme-se com o fato de não poder variar o repertório e se divirta.

  • Beije muito

    Aproveite para beijar de um jeito pouco usual, mais selvagem e ardente, investindo em movimentos diferentes com a língua. Leia mais

Topo