Comportamento

Não cumpriu as metas de 2015? Siga 11 passos para chegar lá em 2016

Getty Images
Para cumprir as metas do ano, é preciso elaborar um plano de ação imagem: Getty Images

Andrezza Czech

Colaboração para o UOL

Com o final do ano, é inevitável relembrar aquela lista feita em 2014 para conferir se, ao menos, algumas das metas foram alcançadas. Nem sempre todas são cumpridas e o ano termina com um sentimento de frustração. “Isso acontece porque são esquecidas ou porque as pessoas não sabem por onde começar a agir. Para colocar em prática qualquer planejamento, é preciso pensar em um plano de ação. Caso contrário, as metas se transformam em sonhos ou em um vago desejo”, afirma o especialista em administração de tempo e produtividade Christian Barbosa, autor dos livros "A Tríade do Tempo" e "60 Estratégias Práticas para Ganhar Mais Tempo" (Editora Sextante). Para chegar ao fim de 2016 com a sensação de dever cumprido, veja 11 passos para aprender a se organizar e alcançar de vez todos os objetivos.

11 passos para atingir suas metas em 2016

  • Defina prioridades

    Barbosa recomenda dividir os planos em três partes: questões pessoais --por exemplo, praticar uma atividade física ou controlar as finanças--, livros para serem lidos ao longo do ano e vida profissional. "Quando pensamos nesses três pilares, começamos a ter novas percepções. A leitura é importante, pois é a única forma de abrirmos a nossa mente para sairmos do lugar. Anote todas a ideias, isso é fundamental para que o seu planejamento aconteça", diz o profissional. A consultora de desenvolvimento Andrea Piscitelli, professora de pós-graduação na FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado) e de gestão de pessoas e liderança nos cursos de MBA da FIA (Fundação Instituto Administração), recomenda estipular notas de satisfação para cada uma das áreas da sua vida: saúde mental, física, financeira, lazer, amigos, família, carreira, relacionamentos etc. A partir daí, ficará mais fácil definir o que será prioridade no ano que está chegando.

  • Avalie se são metas possíveis

    Segundo Andrea, é importante refletir antes de estabelecer as metas para que não virem ilusões. Para isso, valem as perguntas: "isso representa minha prioridade atual?", "tenho recursos pessoais e técnicos para alcançá-las?", "estou preparado para abrir mão do que cada uma dessas metas exige". "Metas possíveis não podem ser encaradas com preconceito. Essa é a forma mais inteligente e consciente de se alcançar conquistas cada vez maiores", diz a professora de gestão.

  • Tenha poucos itens a cumprir

    "Muita gente reclama que não tem foco, que se perde com facilidade, pois começa diversas atividades e não termina nenhuma", diz Barbosa. Para ele, quanto maior a quantidade de metas a alcançar, menor a possibilidade de concretizá-las. "Para começar sem se frustrar, sugiro estabelecer apenas um ou dois objetivos, de curto prazo (seis meses). Defina com bastante detalhes, delimite seu tamanho (custo ou quantidade) e estabeleça, pelo menos, os próximos 20 pequenos passos para começar a alcançar", declara.

  • Divida o objetivo em pequenos passos

    Pequenas atitudes devem ser tomadas gradativamente. Segundo o especialista, dividir o objetivo em pequenos passos é o que o torna viável, já que você fará coisas pequenas ao longo da semana. "Quando você pega um sonho e acha que ele é impossível, é porque ele ainda está grande. Você não vai falar inglês fluentemente do dia para a noite, por exemplo. Isso depende de uma série de pequenos passos, como fazer matrícula, ler dez páginas de um livro, ouvir 30 minutos de áudio etc. Quanto menores os passos para alcançar o objetivo, melhor para você", diz ele.

  • Comece com as metas simples

    "Não podemos começar pelas metas mais 'dolorosas' para que não haja autosabotagem e desistência", fala Andrea. Por isso, não se sinta mal por começar a cumprir os objetivos mais fáceis de serem alcançados. "É muito importante sentir prazer na busca e, à medida em que isto ocorre, a pessoa ganha mais persistência e força para atingir outras", diz.

  • Estabeleça prazos

    Prazos são fundamentais para garantir o sucesso. Por isso, Andrea recomenda estabelecer datas para cumprir cada passo. "Atingir um cargo gerencial, por exemplo, é a meta final, mas para que ela se torne real, é preciso colocar prazos para tudo o que eu preciso fazer no decorrer do ano para torná-la possível, como cursos de liderança."

  • Tenha uma agenda

    Para Barbosa, se você não colocar uma meta na sua agenda, você não vai cumpri-la. "Se você gosta de tecnologia, há uma série de opções no mercado de aplicativos para gerenciar tarefas, como o Neotriad e Evernote", diz ele. Mas a velha agenda de papel também funciona. "O importante é encontrar um método que se adapte mais ao seu estilo e anotar todas as demandas do seu planejamento."

  • Acompanhe e respeite os prazos

    Não adianta fazer um lindo cronograma com datas de metas a serem cumpridas se elas não forem respeitadas. "Isso é importante para não ganhar a desagradável surpresa em dezembro que o seu objetivo não foi atingido porque o ano voou", diz Andrea. Ela recomenda fazer um balanço mensal dos objetivos atingidos, o que ajuda a manter o ritmo. "Sem um acompanhamento constante, é bem provável que você esqueça do que planejou em menos de seis meses. Crie um compromisso de acompanhamento repetido na sua agenda. Não adianta ter objetivo para um ano e só avaliar se deu certo em dezembro", diz Barbosa.

  • Tenha flexibilidade

    "Se for preciso alterar o planejamento ou suas metas no meio do caminho, não tenha medo", diz Barbosa. Segundo ele, não há nenhum problema em alterar os planos, o importante é não perder a determinação de alcançar os objetivos.

  • Compartilhe suas metas

    Segundo Andrea, dividir seus objetivos com mentores ou amigos pode ser uma excelente forma de fazer com que você tenha inspiração e incentivo para alcançá-los. "Isso aumenta a responsabilidade pelo cumprimento e, ao mesmo tempo, abrimos um canal de aprendizado constante para receber dicas e estímulos dessas pessoas."

  • Comemore pequenas conquistas

    Celebrar cada pequeno passo do processo é parte fundamental para estimular o alcance da meta final. "A partir do momento que a pessoa se planeja, ela descobre um modo de tornar viável todos os sonhos, pois coloca no papel tudo aquilo que deseja alcançar, quando chegará lá e de que maneira fará isso. Por isso, ao conquistar, é preciso comemorar", fala Barbosa,

Topo