Comportamento

Americana lança caçada online para identificar mulheres em fotos antigas

Divulgação
Fotógrafa acredita que fotos foram feita na década de 50 imagem: Divulgação

Uma fotógrafa americana lançou uma caçada virtual para descobrir a identidade de duas mulheres misteriosas retratadas em negativos antigos.

Meagan Abbel estava mexendo em uma caixa de fotografias antigas em uma loja de segunda mão em Richmond, no Estado americano da Virginia, quando se deparou com quatro conjuntos de "slides transparentes". Ao voltar para casa, ela escaneou os slides e ficou "chocada" com o nível de detalhamento que encontrou.

"Pensei: 'Nossa como são bonitos. Adoraria poder achar as mulheres ou o fotógrafo que fez esses registros'". Abell acredita que as fotos foram registradas entre as décadas de 1950 e 1960 por causa maneira como as mulheres estão vestidas.

Ela lançou então uma campanha na internet para encontrar as modelos ─ uma delas, acredita a fotógrafa, seria "havaiana ou biracial" ─ além do proprietário do filme. "Já tenho algumas pistas bem impressionantes", afirmou ela à BBC. "Acho que elas devem ter sido tiradas em Dockweiler na Playa del Rey, na Califórnia. Uma menina que surfa perto dessa praia me enviou um email com algumas fotos".

"Quando as comparei com as imagens que encontrei, formavam um par perfeito".

Mistério
Abell é uma fotógrafa profissional e normalmente passa tempo caçando caixas de fotografias velhas, "Estou acostumada a ver negativos velhos e arranhados. Nunca tinha visto nada disso", afirmou ela.

O proprietário da loja de segunda mão desconhece a procedência das fotografias ─ mas não impediu Abell de levar à frente seu objetivo. "Estou muito empolgada", afirmou ela."Baseada nas conversas que tive com alguns fotógrafos veteranos, diria que se trata de um registro profissional de fotos artísticas para a capa de uma revista ou propaganda".

"Segundo eles, é altamente improvável que um fotógrafo amador nesse período de tempo usaria esse tipo de filme e registrasse esse tipo de imagens".
Abell pede que quem souber a identidade das mulheres das fotos entre em contato com ela através de seu website.

Topo