Comportamento

Questão 'quem você salvaria: mãe ou namorada?' em exame na China causa polêmica

Thinkstock
Resposta corresta foi divulgada pelo ministro de Justiça chinês imagem: Thinkstock

Celia Hatton Da BBC em Pequim, China

 

Se fosse forçado a escolher, quem você salvaria de um prédio em chamas: sua mãe ou sua namorada?

Esse é um dilema bastante usado em discussões na China e, neste ano, foi uma questão-chave do exame nacional aplicado a futuros advogados e juízes do país.

O teste seria um equivalente ao exame da Ordem dos Advogados do Brasil, e só quem é aprovado nele pode advogar na China.

O ministro de Justiça chinês divulgou pela internet a resposta correta: salvar sua mãe.

Crime

Segundo ele, seria um "crime" escolher a pessoa com quem você está envolvido romanticamente.

Mas a resposta não é tão óbvia para usuários de internet na China, onde a questão gerou um debate acalorado em fóruns e redes sociais.

"É ridículo dizer que a obrigação de sustentar seus pais é igual à obrigação de salvá-los em uma situação de emergência", disse um deles.

"Segundo a lei, um filho deve salvar sua mãe", explicou outro. "Mas a lei não diz se isso deve ser feito quando há outras pessoas em perigo."

'Tenho só uma mãe'

Outros ainda perguntaram o que fariam em uma situação assim. Na maioria das vezes, o amor por sua mãe venceu.

"Garotas estão por todas as partes, mas eu tenho uma mãe apenas", disse um rapaz.

"Certamente, salvaria minha mãe primeiro", comentou outro.

"Sem levar em conta os motivos legais, minha mãe me criou. Além disso, minha namorada é mais jovem do que minha mãe, o que significa que ela teria mais chances de escapar de um incêndio por conta própria."

Curiosamente, ninguém pareceu notar o aspecto sexista da questão, já que não indaga o que uma mulher deveria fazer: salvar seu pai ou seu namorado?

Isso talvez fique para o próximo exame aplicado a futuros juízes e advogados da China.

Topo