Comportamento

Indiano dado como morto ao nascer superou paralisia cerebral e fez doutorado

Akshansh Gupta, 32, acabou de terminar seu doutorado em interface cérebro-computador na renomada Universidade Jawaharlal Nehru, na Índia.

Gupta tem paralisia cerebral, condição neurológica que limita severamente seus movimentos e sua capacidade de falar. Ele não pode andar, operar sua cadeira de rodas ou se alimentar sozinho.
 
A Índia tem mais de 25 milhões de pessoas com deficiência, mas falta estrutura para apoiá-los.
 
"Acho que, se você é determinado, pode conseguir qualquer coisa", diz Gupta.
Topo