Comportamento

Teste se você realmente conhece o seu parceiro

FERNANDA JUNQUEIRA
Colaboração para o UOL

A imprensa noticiou um fato que nos faz pensar o quanto conhecemos a pessoa que está ao nosso lado. A atriz ganhadora do Oscar, Sandra Bullock, viu seu casamento desmoronar com a descoberta de uma amante de seu marido, Jesse James. Junto com o casamento, ruiu também a imagem que ela tinha dele. Além do caso extraconjugal, veio à mídia a divulgação de fotos do moço usando um chapéu da SS e fazendo a saudação nazista. Há boatos de que ele tem coleção de objetos nazistas em seu escritório e que mantém pit bulls para promover brigas de cachorros. Será que a estrela de Hollywood sabia dessa faceta do marido? O cinema, aliás, é mestre em retratar casos de relações em que a certa altura os personagens descobrem que mal conhecem – ou desconhecem totalmente – a pessoa que está ao lado. O filme “Sr. e Sra. Smith” retrata claramente como é possível ter uma vida “paralela” sem que o (a) companheiro (a) sequer imagine.

 

E você, será que conhece seu parceiro? Para ajudá-la a responder essa pergunta, a jornalista Viviane Pereira, de São Paulo, autora do livro “Dicionário das Loucuras de Amor – Definições Bem Humoradas para Mulheres que Vivem Apaixonadamente” (Matrix Editora), elaborou um teste esclarecedor. “De modo geral, tenho a impressão de que no início a pessoa tem a tendência de se esconder, com medo de se expor demais. Com o tempo, quanto mais estável fica a relação, a tendência é confiar mais e sentir menos necessidade de se esconder”, pondera. “Em minha opinião, privacidade é aquilo que a gente quer manter em segredo, mas não teria nenhum problema em contar – isso não afetaria ou abalaria a relação. Omissão é quando a gente não conta porque sabe que o outro não aprovaria”, destaca Viviane, que acredita, ainda, que muitas mulheres fingem não ver determinadas coisas porque preferem a comodidade da situação como está. Faça o teste e avalie!

 



 

Topo