Comportamento

Dez coisas que toda garota solteira deve experimentar

RENATA RODE
Colaboração para o UOL

Você já deve ter ouvido esse blablablá diversas vezes ou lido por aí muita coisa, certo? Mas resolvemos elaborar uma lista especial com dicas  para que alguém como você, uma garota desimpedida, possa aproveitar e experimentar. Leia, escolha suas alternativas e corra para tirá-las do papel ou da tela de seu computador.

  • Getty Images

1.Viagem para o exterior. Você não tem nada aqui que a prenda, por isso é hora de explorar as oportunidades. Segundo Blenda de Oliveira, psicanalista associada à Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo e doutora em psicologia pela PUC (Pontifícia Universidade Católica), uma experiência como esta é inesquecível e tem uma importância oculta e determinante na vida de qualquer um. “A viagem ao exterior pode gerar muitos ganhos, mas um dos principais é o aumento da autoestima, já que você é obrigada a se relacionar, comunicar-se e conviver com os costumes de um país diferente. Já acompanhei casos de mulheres que mudaram o padrão de comportamento após uma vivência em outro local. É como uma injeção de confiança. A maioria delas retorna muito mais segura e determinada”, declara.

  • Getty Images

2.Dose de egoísmo exacerbado. Você é uma garota livre, que tem o mundo pela frente, por isso pode se dar ao luxo de fazer o que quiser e usufruir alguns mimos. Aproveite essa fase para ser egoísta e pense em você ao contratar, por exemplo, um “personal nutri”. Para a nutricionista Alice Cazarini Thomé, o egoísmo às vezes é essencial. “Nós não podemos nos culpar por não termos tempo disso ou daquilo. Resolvi criar esse serviço para atender mulheres como eu: independentes, que se preocupam com a saúde, e são vaidosas, claro.” Ela acompanha a cliente ao supermercado e organiza a despensa da casa, orientando via online, depois da primeira consulta. Ou que tal um curso de maquiagem com um dos maiores profissionais do ramo no Brasil? Toda mulher solteira que se preza deve ser egoísta e independente na hora de se arrumar. O expert Theo Carias ministra em seu salão Oh! Theo aulas particulares previamente agendadas. Imagine-se reservando um momento só seu com o mago dos pincéis. Você merece!

  • Getty Images

3.Independência financeira. Você vai aproveitar mais a vida e os frutos de sua dedicação no trabalho se tiver saúde nas finanças. Uma aulinha de controle sobre consumo ou mesmo mais atenção a essa parte é essencial para tudo. Afinal, você só vai poder se dar presentes, como os que citamos acima, se tiver dindim. Décio Kimura, analista de negócios e um dos fundadores do site www.minhaseconomias.com.br, diz que a consciência vem de simples perguntas: "Eu preciso? Será que eu posso? e Tem de ser agora?". Ele diz que as pessoas geralmente confundem ter saúde financeira com ter mais dinheiro. "Não é nada disso. A educação para as finanças deve vir de berço, informação e criatividade. Tem muita gente com renda modesta que possui um patrimônio considerável hoje. É preciso ter inteligência financeira", ensina.

  • Divulgação

4.Morar sozinha ou com uma amiga. Esse é um passo enorme para que você se torne uma mulher independente e segura. Inclusive para casar depois, já que ainda hoje existem mulheres que casam para sair da casa dos pais. “Morar sozinha é uma grande lição de independência que aprendemos dia a dia. Essa atitude faz com que a gente adquira mais maturidade e total segurança sobre o que queremos da vida. Creio que todos deveriam passar por essa experiência porque resulta em crescimento”, conta Marília Cassiana (foto), modelo e estudante, que mora sozinha há três anos, em São Paulo.

 

  • Divulgação

5.Ter brinquedinhos inusitados de estimação. Já que você é livre e tem um leque de experiências sexuais pela frente, nada melhor do que conhecer seu corpo. Para o sexólogo Amaury Mendes Junior, especialista em terapia de casal, a masturbação é um ato saudável e primordial para que a mulher conheça seu corpo. “Masturbar-se ainda é um mito mesmo nos dias de hoje. Recentemente, em uma pesquisa, pude perceber que só 20% das mulheres se masturbam na frente do parceiro. Esse tipo de vergonha ou timidez serve para atrapalhar a mulher em busca do seu orgasmo. A masturbação faz bem à saúde, sim, desde que realizada com equilíbrio, ou seja, de forma a não atrapalhar outras atividades diárias”, afirma.

  • Getty Images

6.Permitir-se uma aventura de amor. O próprio nome diz: “aventura”. Meninas, de vez em quando ou mesmo que seja uma vez na vida, permita-se agir feito homem (os homens que nos perdoem, mas todas nós sabemos que vocês são mais impulsivos sexualmente). Vá em busca da satisfação sexual mesmo que momentânea, que ela dure alguns dias ou somente uma noite, mas busque. Para Bia Areias, autora do livro “Sexo sem Amarras” (Editora Gente), o sexo é uma oportunidade mágica para todos. “É uma entrega, uma troca de prazeres e precisamos descobrir nossa potência e usá-la. Nada tem de mau, sujo ou pecaminoso. Trata-se de desejar, querer e permitir”, escreve.

  • Getty Images

7.Escolher uma atividade física ou social para o seu bem. Seja para o lado físico, como uma aula de boxe, ou espiritual, como ioga, é necessário escolher, sim, uma porque você vai colher resultados positivos dessa conduta anos depois. “Os benefícios para o organismo todo mundo já conhece, mas temos vantagens psicológicas também porque quem pratica atividade regularmente, faz a manutenção da auto-estima e, em conseqüência, come melhor, dorme melhor e se relaciona melhor”, confessa o personal trainer Alexandre Bro.

  • Getty Images

8.Perseguir um sonho. Afinal todas nós precisamos de um estímulo, certo? Quer um exemplo? Aparecida Petrowick (foto), a atriz que viveu a personagem Sandrinha na novela "Viver a Vida", da Rede Globo, é a expressão pura do que é ser determinada. Formada em fisioterapia, ela tinha o sonho de atuar, e literalmente perseguiu o autor da novela, Manoel Carlos, até fazer com que seu singelo currículo (sem experiência alguma) chegasse às mãos dele. Quem diria que a moça, com experiência somente em teatro, fosse convidada ao teste e agarrasse a oportunidade com unhas e dentes? “Acho que até agora minha ficha ainda não caiu. É um sonho, um aprendizado e uma responsabilidade muito grande”, declarou a jovem.

  • Getty Images

9.Tirar um dia para você. Promova um dia ou mesmo um fim de semana somente para cuidar da sua beleza. “Quando a mulher se cuida, ela está alimentando não só seu corpo com carinhos, cremes e estímulos, mas, principalmente, sua autoestima. Entregue-se a pequenos luxos que vão aflorar a beleza de dentro para fora”, cita Blenda. Você pode marcar uma sessão de massagem de manhã, seguida de um tratamento capilar, um belo almoço no seu restaurante predileto e uma tarde de compras no shopping. Não se esqueça de comprar uma bela lingerie! Pesquisas mostram que a lingerie é ótimo estimulante tanto para você quanto para o homem.

  • Getty Images

10. Dançar como se ninguém estivesse olhando. Vivemos em uma sociedade regida por regras e preconceitos, mas não existe nada mais gostoso que dançar sentindo verdadeiramente a música, sem se importar em olhar para os lados. Reserve uma noite e vá a um bar em que sua banda predileta esteja tocando. Convide amigas e chacoalhe o esqueleto pra valer. É preciso, às vezes, sentir a dor de umas bolhas nos pés para experimentar o prazer de viver - simplesmente. Permita-se e seja feliz!

 



 

Topo