Comportamento

Veja se você sabe equilibrar o lado pessoal e profissional na sua vida

RENATA RODE
Colaboração para o UOL

Dupla jornada e, muitas vezes, até tripla. A mulher vem conquistando seu espaço e, em busca de igualdade, avançou como nunca se viu antes. Ao mesmo tempo, sem perceber, gerou um leque de responsabilidades tanto dentro quanto fora de casa. Hoje, elas carregam nas costas o peso por assumir tantas atribuições. Mas será que no meio da rotina tão estressante é possível equilibrar vida pessoal e profissional? Eis o grande dilema da mulher contemporânea. Você passa por isso? Faça o teste abaixo e descubra.

 

 

Para Roselake Leiros, consultora da CrerSerMais Desenvolvimento Humano, isso é plenamente aplicável. “É essencial que a pessoa perceba que ter a atenção distribuída nos vários contextos é muito saudável. É de grande importância alimentar a mulher, assim como a profissional, a mãe, o espírito, os aprendizados, as contribuições para o mundo, os amigos, a família, enfim tudo é importante, pois faz parte do ‘eu’”, explica a especialista em comportamento humano.

Hoje vivemos um tempo de ajustes às novas condições de evolução das mulheres, mas é preciso buscar a verdade para avaliar e fazer os ajustes necessários para a felicidade geral dos casais

Roselake Leiros, consultora da CrerSerMais Desenvolvimento Humano

O erro maior está em querer dedicar-se 100% a cada uma das partes que nos solicita durante o dia. “Se colocamos, por exemplo, 70% da nossa energia para cada responsabilidade a roda irá fluir harmoniosamente e a força centrífuga que acontece naturalmente completa os outros 30% que faltavam. Pense nisso, confie e verá o resultado”, ensina Roselake.

Um exemplo de que organizar a vida (por mais atribulada que pareça) pode dar certo tem nome: Renata Giordano de Castro. A executiva de 40 anos é mãe de duas meninas pequenas e comanda a Giornate Assessoria de Imprensa e RP, de São Paulo, há 14 anos. Casada há nove anos, não deixa a bola cair em nenhum dos lados. “Conciliar a vida pessoal com o trabalho é algo que não tem uma receita exata. Cada dia é diferente e precisamos ter flexibilidade para aceitar os imprevistos. No meu papel de mãe, tenho funções que não se transferem ao pai. Cuido da saúde delas, do guarda-roupa, da escola, das atividades extras. Enfim, de tudo”, lista.

Alimento todos os lados: mãe, profissional, esposa e mulher. Uma vez por mês, por exemplo, é inadiável um jantar com as amigas e algumas saídas com meu marido. Alimentar esses encontros faz parte da vida pessoal e se traduz em benefícios. O principal? Estar de bem consigo e renovar as energias

Renata Giordano de Castro, mãe, esposa e empresária

Renata afirma que a grande chave para ter sucesso sem estresse é buscar o equilíbrio. Você passou o dia todo fora e não viu seus filhos? Chegue mais cedo e brinque com eles. “De vez em quando apareço de surpresa para buscar minhas filhotas na escola, porque, geralmente, elas vão de perua”, confessa. A executiva ainda dá a dica: use a tecnologia a seu favor. “Quando as levo ao balé, uso o note enquanto aguardo, porque no local há wireless. Também com o iPhone posso acompanhar mensagens e controlar, de certa forma, o escritório, mesmo não estando fisicamente lá.”

Simone Domingues, coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Cruzeiro do Sul, defende que o autoconhecimento é essencial para o sucesso feminino. “É preciso ter muita disciplina e clareza sobre as atribuições, tendo cuidado para não misturá-las. Não se pode levar preocupações de casa para o trabalho e vice-versa. O segredo está em saber viver cada coisa em seu tempo, para conciliar essa relação.”

Veja as dicas dos especialistas para equilibrar dupla ou tripla jornada:

Hoje, temos uma incidência significativa de mulheres enfartando, o que demonstra que estão sendo cada vez mais afetadas por cobranças. Querer dar conta de tantos afazeres leva ao estresse, juntamente com a baixa autoestima

Simone Domingues, coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Cruzeiro do Sul
  • Se permita interromper algo que está fazendo, sem frustrações
  • Respeite seus limites
  • Pare para se cuidar e nunca se esqueça dos seus desejos e sonhos
  • Avalie continuadamente os resultados obtidos em cada um dos contextos de sua vida
  • Identifique suas maiores dificuldade e busque ajustá-las sempre
  • Encontre harmonia entre todos os contextos de sua vida e não ignore nenhum deles, tampouco supervalorize um em detrimento de outro
  • Pare de querer ficar provando e precisando da aprovação do outro, o seu melhor referencial está dentro de você mesma e não no outro
  • Aprenda a dizer não, quando o seu “eu” assim pedir
  • Caso não esteja conseguindo sozinha, busque ajuda profissional
     
Topo