Comportamento

Cuidados com a higiene são essenciais ao frequentar motéis, alertam médicos

Getty Images
Banheiras sem higienização podem transmitir doenças, por isso prefira locais bem conceituados ou que já esteja acostumado a frequentar para diminuir os riscos imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL

Antes de desfrutar sua ida ao motel, confira o guia de perguntas e respostas preparado pelos dermatologistas Fernando Bezerra, da Clínica FB, e Leonardo Neto, do Hospital Beneficência Portuguesa, de São Paulo.

1 Eu posso contrair alguma doença numa banheira não higienizada?
Sim, é possível pegar escabiose, popularmente conhecida como sarna, e dermatose causada por ácaro. Esse ácaro é encontrado em locais não muito bem limpos. Além desses problemas, também é perigoso contrair HPV (sigla em inglês para papiloma vírus humano), uma doença sexualmente transmissível, mas que pode ser contraída também pelo contato com objetos (toalhas, roupas íntimas, vasos sanitários ou banheiras) infectados. Alguns tipos de HPV estão relacionados ao câncer do colo do útero.

2 Encher a banheira de água quente antes de usá-la, despejar e encher de novo mata os germes?
Não. O calor não é suficiente para matar germes e bactérias. O ideal é higienizar a banheira com um sabão neutro e isso a maioria dos bons motéis faz. Portanto, o ideal é ter cuidado na hora de escolher um estabelecimento para que você tenha certeza de que tudo foi limpo rigorosamente.

3 Levar produtos para passar na banheira antes de entrar, como limpadores de banheiro, é aconselhável?
Não. Pessoas que têm pele sensível, como dermatite atópica, podem ter dermatite de contato com alguns produtos. Se for usar algum produto do gênero, é preciso que seja em pequena quantidade para não correr esse risco. Se a banheira tiver acabado de ser limpa e, se o produto utilizado for muito forte ou restar algum vestígio, também pode haver dermatite por contato (irritação na pele).

4 O cobertor pode transmitir algum tipo de dermatite ou doença?
Tanto o cobertor, quanto lençol e toalhas podem transmitir HPV. Um bom conselho é colocar um lençol limpo (levado por você) por cima do usado pelo motel se não confiar na limpeza do local. A probabilidade de contrair HPV nesses locais (lençol, cobertor e toalha) é menos comum de acontecer, mas é possível.

Mais cuidados

  • Tome banho depois da relação sexual, isso diminui o risco de contrair doenças.
  • Frequente locais em que confia e vai sempre, assim você diminui os riscos.
  • Leve seu cobertor ou edredom se isso fará você se sentir melhor.
  • Certifique-se de que o chinelo está envolto em saco plástico para evitar micoses, por exemplo.
  • Geralmente lençóis e toalhas são lavados em lavanderias e com produtos apropriados, por isso é aconselhável frequentar um local de boa procedência
  • Evite sentar no vaso sanitário sem proteção. Use um papel, por exemplo, para forrar o local.
  • Se algo lhe incomodar na higiene da suíte, reclame, mas não faça disso uma tempestade em copo d’água. Aproveite o momento com seu parceiro ou parceira sem "neuras" nem exageros. (Renata Rode)

 

Topo