Comportamento

Descubra que tipo de mulher você é na cama

RENATA RODE
Colaboração para o UOL

Foi-se o tempo em que a iniciativa no sexo era dele. Agora, a ousadia feminina faz parte dos relacionamentos amorosos. “Historicamente o homem sempre foi o responsável por iniciar o sexo enquanto a mulher tinha de mostrar recato. Hoje, ele também gosta de se sentir cortejado, desejado e conquistado de maneira sensual por uma mulher que sabe o que quer. Esse cenário é muito estimulante na visão masculina”, ensina Carmen Janssen, sexóloga, psicanalista e escritora, que criou o site “Energia do Amor”.

A especialista, que também é professora de cursos de massagens sensuais, diz que o importante é ter a concepção de que o casal está realmente pronto para se entregar ao prazer. “Presencio diversos casos em que a aluna vem aprender as técnicas e acaba mudando o comportamento como um todo, já que esse trabalho leva também ao autoconhecimento”, afirma. E você, sabe que tipo de mulher é na cama? Faça o teste aqui e descubra.

Ainda está em dúvida se precisa dar um "upgrade" na cama com ele? No livro “Os Segredos das Mulheres Felizes no Casamento”, de Scott Haltzman e Theresa Foy Digeronimo (Editora Gente), a afirmação é polêmica: “As pessoas se casam pelo sexo, ou seja, ele se casou com você por causa do sexo”. Sim, o autor alfineta e argumenta: “Não é pelo companheirismo que se casa, porque eu mesmo já morei em casa cheia de colegas homens, mas não os escolheria para passar o resto de minha vida”.

A sexóloga Carmen concorda: “Sexo mantém o corpo e a mente saudáveis. Estimular o desejo é importante para que o casal se mantenha enamorado. Porém, é importante lembrar que sexo é limitado, mas o erotismo é infinito. Sexo não deve ser mecânico e, para ser prazeroso, deve ser criativo, lúdico e ambos precisam manter-se motivados. Também é preciso levar em conta a qualidade do afeto no dia a dia, fato que é muito importante, principalmente para a mulher, para que o sexo seja prazeroso”, lembra.

A profissional elenca cinco dicas para manter desejo presente:

  • estimule o afeto no dia a dia: cuide do outro, respeite-o e preocupe-se verdadeiramente com ele
  • continue beijando como se beijavam quando se conheceram (como amantes)
  • respeite a individualidade do outro, lembrando-se de que ele não lhe pertence
  • não fazer do parceiro o seu único projeto de vida
  • estimule o erotismo, a sensualidade e a criatividade no sexo
  •  
Topo