Comportamento

Sete coisas "politicamente incorretas" que toda mulher deveria fazer antes de morrer

Colaboração para o UOL

Nem só de atitudes nobres se vive. Que tal extravasar de vez em quando? Selecionamos sete formas de fazer isso. O resto é com você.

1. Dizer algumas verdades a um (a) chefe ruim. De críticas totalmente datadas, como “você não passa de um porco capitalista!”, a verdades inconvenientes, do tipo “não tenho culpa se você é frustrada porque construiu uma carreira medíocre”, pelo menos uma vez na vida (de preferência quando tiver arrumado um emprego melhor ou ganho na Mega-Sena), desabafe. Você vai se sentir leve como nunca e ainda vai virar mito na “futura ex-empresa”.

2. Comprar um vestido carérrimo (mesmo que não o use nunca). Muita gente que daria um dedo mindinho por um Valentino. Faça essa extravagância, pois você merece. Caso se sinta em dúvida já com o cartão de crédito na mão, lembre-se de todos os vestidos balonês horríveis que a sua mãe a obrigou a usar na infância, de todas as aparições fantásticas da Angelina Jolie no tapete vermelho e, principalmente, daquele moletom "me-do-nho" que você estava usando para ir à padaria no dia em que encontrou seu ex com a nova namorada.

3. Curtir um amor de férias. De um certo modo, férias são uma pausa da realidade. Desde que você não alimente expectativas inúteis, que mal há em ceder às investidas daquele italiano charmoso ou daquele professor de axé com um corpaço em Trancoso? Se for comprometida, só tome o cuidado para o affair não vazar para as redes sociais.

4. Mudar o cabelo de todas as formas possíveis. Por quê? Porque simplesmente ele cresce.

5. Atormentar ou se vingar de algum ex que não foi legal com você. Pense bem: enquanto estava perdendo tempo com ele, teve de abrir mão de vários caras maravilhosos e incríveis que queriam ficar com você. E hoje em dia, você deve se arrepender horrores disso, já que o romance não deu certo porque ele “pisou na bola”.

6. Dar uma cantada em alguém. Isso faz que qualquer mulher se sinta irresistível e poderosa. E dificilmente dá errado.

7. Comer sem culpa. Seja depois de levar um fora homérico, perder o emprego, comemorar uma promoção ou simplesmente ao sair para jantar em um restaurante chique com o gato dos seus sonhos, deguste tudo o que tem direito. E aqui vai uma lição para a vida toda: esse papo de contar calorias é muito bom para se exibir para as amigas, mas homem gosta é de mulher com apetite (em todos os sentidos).

Topo