Comportamento

Dez questões para avaliar antes de se casar

Thinkstock
Não fuja dos assuntos que podem gerar conflitos. Acertos são necessários para a relação perdurar imagem: Thinkstock

GISELA RAO

Colaboração para o UOL

O que Deus uniu, o homem não separa? Não é bem assim. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), só em 2009, foram contabilizadas 95.576 separações legais. Sem contar as que não foram oficializadas ou o fim das relações que não estavam no papel. Para Laila Pincelli, psicóloga clínica especialista em terapia de casais, um dos motivos para um índice tão alto é a falta de diálogo antes do casamento. Os parceiros evitam ou nem lembram de conversar sobre certos assuntos importantes para se definir antes de subir ao altar.

“Muitos casais, movidos pela paixão, não imaginam que o casamento tenha seus percalços. Quando atendo noivos, faço questionamentos como: divisão de tarefas, finanças, o que cada um espera do outro etc.", exemplifica ela. "Eles ficam me olhando como se eu estivesse falando grego. Muitas pessoas têm dificuldade de serem flexíveis quando as coisas se tornam concretas. Quando o outro não condiz com suas expectativas, têm a impressão de que o seu sonho foi traído.”

Para Laila, ter vergonha de tocar em certos assuntos importantes -ou não querer contar algumas verdades- significa que o casamento já começou mal e tem grandes chances de dar errado. Afinal, a cumplicidade é fator necessário para a felicidade a dois. “É fundamental se perguntar: como é minha relação? Existe companheirismo? O que me motiva a entrar neste casamento? Às vezes, respondendo a essas perguntas, a pessoa percebe que está precipitando as coisas ou que estava um pouco míope em relação ao outro”, completa a psicóloga.

Dez questões para avaliar antes de se unir a alguém

Sergio Savian, terapeuta especializado em relacionamentos e autor do livro “Amar Vale a Pena” (editora Landscape), entre outros títulos, ajuda a listar algumas reflexões importantes. Acompanhe:
 

1. Espere o fogo da paixão passar antes de se casar, assim você avalia melhor a pessoa. No começo, da relação ficamos embebedados pelo outro e não conseguimos vê-lo como realmente é.
2. Nada como um dia após outro para entendermos melhor uma pessoa, suas atitudes, reações etc. Procure casar com quem já conviveu durante um bom tempo. Ao menos dois anos.
3. Faça um bom test-drive antes do casamento. Com algumas pessoas temos uma boa química no sexo, com outras, não.
4. Pesquise o currículo afetivo-sexual do futuro cônjuge. Entenda como essa pessoa se comportou em outros relacionamentos.
5. Saiba se o seu amor está disposto a se unir ou se é uma necessidade sua. Para um casamento dar certo, os dois devem querer, sem pressões.
6. Faça de tudo para resolver os conflitos da relação. Conversem muito. Se necessário, peçam ajuda a um terapeuta antes do casamento. Depois, com a convivência mais próxima, tende a piorar.
7. Tenha clareza dos fundamentos da sua relação. A união está baseada em que? Beleza, posicionamento social e dinheiro vêm e vão. Amizade e cumplicidade são fundamentais.
8. Entenda a natureza de um casamento. Você está disposto a cumprir as obrigações que caracterizam um matrimônio?
9. Pergunte-se: você está tomando a decisão certa? Para saber a resposta, imagine-se para o resto da sua vida com a pessoa que escolheu para casar. Você consegue imaginar isso?
10. Verifique se você pode oferecer à pessoa com quem pretende se casar o que ela espera de você. E ao contrário: ela pode lhe dar o que você quer?

 

DIFERENÇAS ENTRE HOMENS E MULHERES QUE VOCÊ PRECISA ACEITAR

Homens não reparam em detalhes. Isso inclui a moça que você encanou que estava de olho nele. Se ele disse que nem reparou, relaxeMulheres são mais emotivas. É fato! Elas têm receptores dez vezes mais sensíveis do que eles. Por isso dão muito mais importância ao carinho
Homens se concentram em uma coisa de cada vez. Não adianta mostrar o vestido novo quando ele está lendo jornal, ao telefone ou vendo TVElas falam mais. Aos dois anos, o vocabulário das meninas possui duas mil palavras a mais que o dos meninos. E eles prezam mais de silêncio
Homens são mais tarados. Eles têm de dez a 20 vezes mais hormônios sexuais do que as mulheres e isso estimula muito o desejo por sexoMulheres infelizes na relação não se concentram no trabalho. Os homens são o oposto. Se ele disse que o problema não é você, não duvide

 

Topo