Comportamento

A divertida indústria das festas de despedidas de solteiras inglesas

Thinkstock
Opções de festas incluem aula de dança temática, viagens para praias paradisíacas e até garçom seminu imagem: Thinkstock

ILANA REHAVIA

Colaboração para o UOL, em Londres

Quando minha amiga Debora me pediu que organizasse sua festa de despedida de solteira, deu instruções claras: gostaria que fosse uma comemoração “tranquila, sem homens tirando a roupa ou humilhação pública”.

Para quem já se deparou com uma ‘hen night’ (nome dado à festa de despedida de solteira no Reino Unido, que em tradução livre significa "noite da galinha"), o pedido faz todo o sentido.

Todo sábado à noite a mesma cena se repete: grupos de mulheres animadíssimas circulam pelos points de badalação com o objetivo de proporcionar à noiva uma balada pra lá de inesquecível. Geralmente tomando todas e fazendo muito barulho. Algumas vezes, indo de bar em bar em limusines rosa-choque e quase sempre usando fantasias e acessórios engraçadinhos, como asas de anjo, coroas de princesa e willies (nome carinhoso dado ao órgão sexual masculino) nas mais variadas formas: em canudos, tiaras e chapéus.

Veja álbum com fotos dos acessórios e das ‘hen nights’:

Noites caras e muitas opções
Por essas e outras, as ‘hen nights’ ganharam fama, e vários estabelecimentos não aceitam reservas para esse tipo de festa. As comemorações também fazem muitas convidadas suarem frio não só pelo estilo, digamos, ousado, mas porque muitas vezes as noitadas podem acabar custando centenas de libras.

Uma pesquisa divulgada pelo site de viagens Teletext Holidays revelou que os britânicos gastam mais de 300 milhões de libras por ano em festas de despedidas de solteiros. O gasto médio das mulheres é de 106 libras por pessoa (cerca de R$ 280), mas os homens costumam desembolsar o dobro.

Ao pesquisar ideias para a festa da Debora, comprovei que essa indústria é mesmo muito variada, com opções para todos os gostos. Tem pacotes para quem quer um evento mais comportado e discreto e até para quem encara a noite como sua última balada em liberdade, aproveitando para curtir com muito assanhamento.

São dezenas de sites vendendo programas inusitados e acessórios divertidos. E para as noivas que querem festejar durante um final de semana inteiro, agências de viagem oferecem pacotes para capitais europeias e praias paradisíacas.
   
Para quem quer festa
Segundo a empresa Last Night of Freedom (Última Noite de Liberdade, em tradução livre), que também organiza festas de despedidas de solteiros, as aulas de danças temáticas estão entre os programas favoritos das mulheres. No topo da lista estão as coreografias sensuais do filme "Flashdance", os passos de terror do clipe Thriller, de Michael Jackson, e o clima anos 50 das Pink Ladys, visto no filme "Nos Tempos da Brilhantina".

Já as noivas que procuram a Freedom Ltd, outra empresa que atua nesse mercado, costumam escolher cursos de dança burlesca e sessões de desenho com belos modelos nus. O show Adonis Cabaret, com strip-tease masculino, também faz sucesso por aqui. E, muitas vezes, os musculosos dançarinos saem cheios de arranhões por causa de noivas e madrinhas bem empolgadas.

As aulas de pole dancing também costumam atrair as ‘hens’.  E por lá a animação é garantida! “Certa vez, um grupo de garotas mais selvagens se empolgou tanto que acabou fazendo a aula de topless”, conta Alison Hudd, da escola especializada Pole People. “Mas elas acabaram sendo surpreendidas pela chegada da mãe da noiva”, revela.

Mais uma opção para quem quer festa é o ‘party bus’, um ônibus que leva o grupo às boates tocando música e servindo bebidas para que o agito não pare nem mesmo no trânsito.

Opções comportadas
Mas nem só de corpos sarados e decoração cor de rosa vive a indústria das despedidas de solteiros. Para quem quer uma festa mais sossegada, há aulas de maquiagem, culinária e coquetéis.

Aprender a fazer chocolate, se tornar uma líder de torcida por um dia ou vestir sáris coloridos típicos de "Bollywood" são algumas opções para uma celebração menos ousada. Finais de semana em spas também estão entre os programas favoritos de quem quer fugir da bagunça.

Apesar dessas opções, acabei escolhendo o serviço Butlers in the Buff. Funciona assim: um garçom, vestindo apenas um curto avental e uma gravata borboleta, de bumbum de fora, faz a alegria da festa servindo bebidas, coordenando brincadeiras e passeando para lá e para cá. Em média, o custo é de 55 libras (R$ 145) por hora. Pagando mais um pouco, o garçom pode vir acompanhado de um barman (vestido) que prepara coquetéis.

Mesmo surpresa, minha amiga adorou a ideia de um garçom sem roupa e a festa foi um sucesso, com direito a dezenas de fotos e muitas risadas.

E, depois de muito torcer o nariz para as despedidas mais escandalosas, descobri que se existe uma data em que até as mais comportadas devem “soltar a franga” é o dia da última balada de solteira.

Topo