Comportamento

Mulheres faz-tudo, como Griselda de "Fina Estampa", não existem apenas na novela

BÁRBARA STEFANELLI

Da Redação

Com o sumiço do marido, a personagem Griselda Pereira, interpretada por Lilia Cabral na novela “Fina Estampa” (Globo), aprendeu a se virar sozinha para sustentar os três filhos. Empenhada e zelosa, "Pereirão" -como é conhecida pelos vizinhos- arregaçou as mangas e tratou de arrumar um trabalho: marido de aluguel. Nessa ocupação, deixa muito marmanjo para trás, exercendo funções pesadas, como as de eletricista e mecânico.

Griselda pode ser pura ficção, mas histórias como a dela não são exclusividade de tramas da TV. Bem menos conhecidas que uma "mulher fruta", as "mulheres Pereirão" da vida real existem. Com ninguém para ajudar, elas dão conta de cuidar da casa e dos filhos e ainda enfrentam contratempos e exigências das profissões tradicionalmente masculinas.

E, apesar das dificuldades, elas gostam de seus ofícios. “Tudo o que eu faço é com amor. Não tenho horário, não tenho preguiça e não trato ninguém mal. Vivo para o trabalho, o meu filho e para as pessoas”. Quem faz esta afirmação é a zeladora Josefa dos Santos Amorim -mas bem que poderia ser uma fala de Lilia Cabral na novela, não é? Conheça a história dessa e de outras "mulheres Pereirão" de verdade.
 

Topo