Sexo

Nariz, pés e mãos têm relação com tamanho do pênis? Veja respostas

Lumi Mae/UOL
Não há comprovação de que haja alguma relação entre o tamanho do pênis com o de outras partes do corpo imagem: Lumi Mae/UOL

Eduardo Zanelato

Do UOL, em São Paulo

Assunto frequente nas conversas de homens e mulheres, o tamanho do pênis ainda desperta muita curiosidade e continua cercado de crenças e incertezas. Mas o que pode ser levado a sério e o que não passa de mito? UOL Comportamento consultou especialistas para verificar as informações que as pessoas costumam compartilhar e esclarecer as principais dúvidas relacionadas às medidas do órgão sexual masculino.

1. Quanto maior o membro, mais prazer ele proporciona?
Segundo Sidney Glina, urologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, trata-se de uma fantasia que existe no imaginário de algumas mulheres e da maioria dos homens (que muitas vezes pensam em procedimentos arriscados de aumento sem ter necessidade). "A cavidade vaginal tem, mais ou menos, entre 8 cm e 10 cm. Então, o máximo que o homem precisa introduzir em uma relação sexual heterossexual é de 8 cm a 10 cm. O resto fica para fora", explica. O urologista, sexólogo e terapeuta sexual Celso Marzano diz que um pênis grande pode causar incômodo e dor durante a penetração. "O prazer feminino não depende do tamanho, mas dos fatores que cercam o ato sexual: emoção, amor, clima erótico, desejo, grau de excitação e habilidade do parceiro."
 
2. Mãos, pés e outras partes do corpo indicam o tamanho?
Carlos Cury, coordenador do Departamento de Estética Genital da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), garante que não há evidência científica de que o tamanho das mãos, dos dedos, do punho, dos pés, do nariz, do queixo, do pomo-de-adão ou das nádegas tenha relação com a medida do órgão masculino. "Há estudos isolados que foram publicados, mas nenhum deles foi absolutamente confirmado", diz Joaquim Claro, urologista e coordenador do Centro de Referência em Saúde do Homem da SES-SP (Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo).
 

POSIÇÕES AJUDAM A SUPERAR OBSTÁCULOS, COMO TAMANHO DO PÊNIS

  • Arte/UOL

    Infográfico: clique na imagem para aprender posições que te ajudam a superar obstáculos sexuais, como pênis pequeno ou grande (conteúdo não disponível para dispositivos móveis)

3. Negros são mais avantajados e orientais nem tanto?
De acordo com Cury, os pênis dos negros são, em média, de 1 cm a 2 cm maiores do que os dos brancos; os dos amarelos são de 1 cm a 2 cm menores do que os dos brancos. "Populacionalmente, os afrodescendentes têm o pênis maior do que todas as outras etnias e os membros dos asiáticos são discretamente menores do que os dos demais", afirma Claro. "Mas a mulher negra também tem a vagina um pouco maior, assim como o órgão sexual das japonesas ou chinesas é um pouco menor", afirma Glina.
 
4. Peludos e carecas têm pênis maiores por terem mais testosterona?
Cury esclarece que a maior produção do hormônio pelos testículos não determina um maior crescimento peniano. "A quantidade de pelos nas pessoas está ligado à genética e não à taxa hormonal. Muitos homens têm a barba rala e poucos pelos no corpo e nem por isso têm o pênis menor".

5. Os altos têm sempre pênis maiores do que os baixinhos?
Segundo Glina, não há relação do tamanho do membro com a altura. "É uma tendência, mas você não pode dizer cabalmente que todos os homens altos são mais bem dotados", diz Claro.

6. O tamanho do órgão influencia na fertilidade e na virilidade?
Sidney Glina diz que para ser fértil é preciso ter espermatozoides e poder penetrar 8 cm. "O pênis só vai até um ponto e a ejaculação sempre atinge essa região. Se for maior, ficará para fora da vagina, nunca entrará no útero", fala Marzano. No que se refere à masculinidade, também não há provas de que homens mais bem dotados sejam mais viris. "Isso é uma fantasia", afirma Glina. "Em épocas pré-históricas, a tendência do ser humano pode ter sido compreender que o maior era sempre melhor. Com o desenvolvimento da capacidade de lidar com o abstrato, necessitar dos aspectos físicos passa a não ser mais determinante para a espécie humana e continua no imaginário cotidiano", conta Oswaldo Martins Rodrigues Jr., psicoterapeuta sexual e diretor do Inpasex (Instituto Paulista de Sexualidade).
 
 
 
7. As ereções dos pênis pequenos são melhores e mais duradouras?
A ereção é um fenômeno vascular que não depende nem do tamanho nem do formato do pênis. “A ereção vai ser plena desde que o homem não tenha nenhum problema orgânico ou emocional", diz Claro. 
 
8. As medidas do membro são hereditárias?
É provável que os filhos tenham pênis parecidos com os de seus pais e outros parentes. "Se o pai e o irmão mais velho têm pênis pequeno, o homem pode até ter um pênis dentro da média, mas vai ser na porção inferior da média. Essa é uma característica genética como tudo que nós herdamos", diz o urologista Joaquim Claro. “O que observo no consultório é que os pais têm pênis normais, mas não acreditam nisso. Depois, seus filhos chegam com a mesma queixa. Talvez essa preocupação com o tamanho seja de família, tenha a ver com a educação", aponta o urologista Sidney Glina.
 
9. Anabolizantes fazem o pênis diminuir?
Joaquim Claro alerta que o uso de anabolizantes afeta o tamanho dos testículos, mas não do órgão sexual masculino. Segundo Glina, eles também prejudicam a fertilidade e causam outros problemas. "Os anabolizantes atrofiam os músculos estriados, e os do pênis são lisos e não crescem com hormônios. Os homens muito musculosos aparentam ter pênis pequenos, pois tudo cresce menos o órgão sexual", explica Marzano.
 
10. Comparar-se com outros homens no vestiário não é uma boa ideia? 
De acordo com Glina, muitos homens que se queixam de pênis pequeno não têm vergonha das mulheres, mas, sim, de outros homens. "Quando você está olhando seu pênis, o vê de cima, tem pelos, barriga, e quando olha para o outro, está de lado, a perspectiva é diferente", explica. "Quando você está ansioso, um músculo contrai o pênis. Então, se você compara o seu contraído com o do cara que não está nem aí, ele pode parecer maior", complementa.
Topo