Vida no trabalho

Quer mudar de função na empresa? Anote quatro dicas importantes

Kim Scafuro/The New York Times
Ao tentar mudar de posição em uma empresa, conte com a ajuda de outras pessoas, incluindo o seu chefe imagem: Kim Scafuro/The New York Times

Eilene Zimmerman

New York Times News Service


Se você gosta da empresa onde trabalha, mas sente que é hora de mudar de função, saiba que é preciso seguir alguns passos para conseguir realizar o seu desejo. Siga as dicas de consultores de carreira para uma transição segura:

 
1. Você almeja um cargo de gerência ou de alto executivo, mas é tão bom em sua função que está preso a ela. Como escapar desse rótulo?
 
Comece com uma autorreflexão, diz Michael L. Buckman, diretor administrativo dos serviços de consultoria executiva do BPI Group, uma consultoria em Chicago. Você não pode simplesmente entrar na sala do seu chefe e dizer: "Eu quero um emprego diferente". Então, faça uma lista para si mesmo de suas paixões, habilidades e capacidades e como elas poderiam ser adequadas a outro cargo na organização. "Há outro papel ao qual realmente aspire? E como você, nesse papel, agregaria valor à empresa?”, pergunta.
 
Assim que você determinar para qual área da empresa você se vê transferido, crie um plano para chegar lá. Comece conversando com seu gerente. Expresse sua gratidão por tudo o que você aprendeu e realizou e enfatize o quanto você valoriza fazer parte da organização, diz Susan Battley, presidente-executiva da Battley Performance Consulting em East Setauket, Nova York.
 
Certifique-se de levar à conversa ideias sobre como iniciar sua transição. "Não diga apenas que sente que sua carreira precisa crescer, porque assim você colocará tudo isso nas costas do seu chefe", diz Battley. "Em vez disso, diga coisas como, ‘eu estou à procura de oportunidades para dirigir uma equipe ou ter mais exposição aos clientes’".
 
 
2. E se o seu chefe aceitar apenas relutantemente?
 
Seu gerente pode se sentir receoso diante de uma mudança dessas, então, tranquilize-o. Deixe claro que você entende o quanto seu chefe depende de você e que você ajudará a encontrar e treinar um bom substituto. Acentue que "você está comprometido com o cumprimento das metas do departamento e que você não partirá e o deixará na mão", diz Allan R. Cohen, professor de administração do campus em San Francisco do Boston College.
 
Não diga apenas o quanto esta transição beneficiará você; pense em como ela também beneficiará seu chefe. Por exemplo, diga que o departamento “terá repercussão positiva por desenvolver pessoas que têm um interesse em aspectos mais amplos do negócio”, exemplifica Cohen.
 
Você também deve se reunir com funcionários seniores da empresa que possam influenciar seu chefe, diz John Beeson, diretor da Beeson Consulting, uma consultoria administrativa em Manhattan. "Faça com que saibam que você se sente frustrado e deseja um novo papel, que lhe permita abrir suas asas, mas que você também está comprometido com a empresa", diz ele.

3. Para mudar para uma posição diferente na empresa, você precisa encontrar oportunidades para aprender e demonstrar habilidades. Como fazer isso?
 
Se você trabalhou por anos para a mesma pessoa e é visto como seu braço direito, você talvez seja conhecido pela execução da estratégia, mas não necessariamente por seu desenvolvimento. Seu chefe pode ajudar a encontrar projetos onde você possa assumir um papel de liderança, diz Beeson, e pode agendar uma reunião sobre esses projetos com os gerentes para elevar sua visibilidade. Exibir sua capacidade e talento para um número maior de pessoas manterá você à frente na lembrança de todos quando posições dentro da empresa surgirem.
 
 

Battley sugere se apresentar voluntariamente para uma força-tarefa ou comitê que cuide de assuntos distantes do que você estiver atualmente fazendo. Em pequenas empresas, às vezes é possível exibir uma prévia de um novo cargo ao assumir algumas poucas tarefas.
 
4. Quem mais, dentro ou fora da empresa, pode ajudar nessa transição?
 
Qualquer um que seja influente em sua organização ou setor pode ajudar você a atingir suas metas, então busque fazer contato com o máximo de pessoas que puder. "Diga que você está à procura de alguma orientação de carreira e peça informação sobre os tipos de trabalhos e experiências que você precisa ter", diz Buckman, do BGI Group. Eles podem não saber que você tem interesse em uma área em particular ou que você conta com certas habilidades valiosas.
 
Tente incluir entre seus aliados pelo menos uma pessoa de recursos humanos, afirma Battley. O pessoal de RH "sabe onde há cargos vagos ou pode indicar você caso saiba que você está interessado em obter outros conhecimentos", segundo ela.
 
É possível que você receba feedback que você não esperava. “Você pode ser informado: ‘Essa é uma ótima ideia, mas não é algo que funcionaria aqui’ ou que a empresa realmente não precisa daquilo que você está oferecendo", afirma Buckman. Isso pode sinalizar que é hora de procurar por oportunidades fora da sua organização.
 

Tradutor: George El Khouri Andolfato

Topo