Vida no trabalho

Fazer do hobby uma profissão é seu sonho? Veja dicas e histórias

Simone Cunha

Do UOL, em São Paulo

Trocar uma carreira convencional para fazer o que realmente gosta exige muito planejamento e disciplina. A ideia de jogar tudo para o alto não funciona, mesmo quando habilidade e amor à atividade exercida como hobby impulsionam a mudança. Por isso, muitas pessoas ainda preferem manter-se em uma profissão estável a arriscar transformar o lazer em trabalho.

Para Reinaldo Miguel Messias, consultor do Sebrae de São Paulo, nem todo mundo tem espírito empreendedor. "É comum as pessoas preferirem ganhar dinheiro em uma profissão estável e gastar essa verba no hobby", explica. 
 
No entanto, muitos hobbies podem ser sinônimos de sucesso. "É cada vez mais comum alinhar vida profissional e pessoal. Também é importante enxergar sentido na carreira, pois nem sempre o sucesso só pode ser conquistado em altos níveis hierárquicos", diz Tânia Casado, especialista em consultoria de carreira e coordenadora do Procar - Centro de Carreiras da FIA (Fundação Instituto de Administração) da USP.  
 
Para Tânia, mais do que ter coragem para arriscar, é fundamental ter criatividade. "Quando uma pessoa se dedica a um hobby, é natural que conheça muito sobre aquele tema, por isso, ao decidir transformá-lo em ‘ganha-pão’, busque um diferencial", afirma.

A especialista diz que iniciar algo oferecendo uma novidade já é um grande passo para se dar bem. Já Messias acredita que é importante arriscar-se dentro das possibilidades. "A transição é muito importante e, inicialmente, conciliar o emprego fixo e o hobby pode ser decisivo para efetuar a troca com segurança, no tempo certo”, fala o consultor do Sebrae.
 
De acordo com a coach Mônica Vitória,  é fundamental entender que os riscos existem em todas as funções. "Planejar é o caminho para minimizá-los e persistir ajuda a encontrar soluções para alcançar uma meta", diz.

Portanto, o fato de a pessoa realizar algo de que gosta há muito tempo não significa, necessariamente, que ao transformar isso em algo rentável poderá dar certo na primeira tentativa.

"Faça uma transição gradual, conquiste estabilidade e estabeleça prazos para transformar este sonho em realidade", afirma Mônica. Dessa maneira, de acordo com a especialista, é mais fácil mudar de carreira.
Topo