Sexo

Massagem tântrica aumenta a intimidade e o prazer com o parceiro

Camila Dourado

Do UOL, em São Paulo

Explorar as sensações do corpo por meio do toque é uma forma de sair dos padrões mecânicos do sexo e de ampliar a intimidade do casal. O contato, proporcionado pelo Tantra (técnica milenar de ensinamentos e práticas que ajudam a relaxar e a expandir a consciência corporal por meio da liberação da energia sexual), contribui para o aumento da entrega às fantasias mais íntimas, tanto do homem quanto da mulher.

É comum que os casais apresentem travas nas relações sexuais, seja por questões relacionadas à falta de conhecimento do próprio corpo, à baixa autoestima sexual ou pelo pouco estímulo do parceiro. Cobranças sociais também ajudam a reprimir os desejos, impedindo que os prazeres sejam explorados em seus diferentes aspectos e de formas mais intensas.

No meio de tantos compromissos, tensões e responsabilidades, separar um momento da semana para experimentar com o parceiro as possibilidades que a massagem tântrica oferece é um jeito de relaxar o corpo e a mente e ainda trabalhar a aproximação e a cumplicidade sexual. O resultado é a ampliação do potencial sexual de cada um, maior intimidade, mais abertura para as diferentes possibilidades de sentir prazer e, principalmente, o aumento das sensações de orgasmo.

Três fases de sensações

Segundo a terapeuta e massagista Isabelle Moura, da Companhia do Ser, espaço especializado em massagem tântrica e terapias corporais, a massagem tântrica pode ser feita em três fases.

A primeira, que é mais forte e assertiva, tem o objetivo de soltar a musculatura do parceiro para que ele relaxe. Nesta parte, o prazer é para o outro. Na segunda fase, a massagem é mais lenta, feita com movimentos mais longos e arredondados nas costas e nas laterais. É a hora de experimentar a sensação de tocar na pele do outro. Nesta etapa, o prazer é de quem está fazendo a massagem. A fase final é feita apenas com as pontas dos dedos e serve para despertar ainda mais as sensações, aumentar o estímulo e provocar a excitação.

Posições ajudam a superar obstáculos que atrapalham o sexo

  • Clique na imagem para navegar. Conteúdo indisponível para dispositivos móveis)

De acordo com Isabelle, também é possível misturar as três fases durante a massagem. O mais importante, segundo ela, é ficar à vontade e deixar os movimentos fluírem. Como você não vai aplicar em casa uma massagem profissional, é fundamental tomar cuidado com os ossos, articulações, barriga e regiões genitais. Mexer nessas partes pode causar desconforto e as áreas podem ficar doloridas.

 

Em qualquer fase da massagem, uma característica muito importante é o uso da voz. Durante a respiração, que deve ser feita pela boca, deixe que o som saia. Os gemidos e sussurros são importantes na liberação sexual e intensificam o prazer, segundo a terapeuta. Oriente o parceiro a fazer o mesmo.

 

Prepare o ambiente 

Antes de começar, prepare um ambiente agradável, harmônico, em que você se sinta à vontade e onde possa ficar sem que alguém o incomode. Vale usar incensos, velas, flores e colocar uma música bem suave para criar um clima sensual e de relaxamento.

 

Um item importante para a massagem é o óleo para o corpo. Cremes hidratantes também são uma opção, dependendo da pele do parceiro. Os óleos vegetais são mais indicados porque são naturais e dificilmente causam alergia.

Gerador de dicas de sexo traz centenas de ideias para ter prazer

  • Arte/UOL

    Clique na imagem para ver o infográfico. O conteúdo não está disponível em dispositivos móveis

Topo