Equilíbrio

Homens são mais idiotas do que as mulheres, diz estudo

Getty Images
Segundo estudo, sexo masculino é mais propenso a atitudes estúpidas imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Homens são mais idiotas do que as mulheres. Pelo menos é o que sustenta a "Male Idiot Theory" (teoria da idiotice masculina, em tradução livre), uma pesquisa feita por cientistas britânicos que diz que eles são propensos a se envolver em comportamentos arriscados.

Os autores do estudo examinaram os dados sobre os 20 anos do Prêmio Darwin e o jornal "British Medical Jornal” publicou, em dezembro de 2014, a conclusão. Eles afirmaram que 88,7% dos premiados foram do sexo masculino. Para quem não conhece, a premiação anual é simbólica e conferida àqueles que conseguiram morrer da maneira mais idiota possível.

Em 2014, entre os 13 ganhadores estavam dois holandeses de Rotterdam que morreram após ficarem deitados sobre o trilho de um trem, bêbados, apostando que o trem passaria nos trilhos sem atingi-los. Todos os outros também eram homens, inclusive um que não morreu, mas sofreu uma castração completa por causa de um anel peniano de titânio impossível de ser removido sem a cirurgia.

Ao observarem os que se classificaram para a "competição", os responsáveis pelo estudo concluíram que alguns dos riscos eram realmente estúpidos. Como exemplo, citaram um terrorista que enviou uma carta-bomba com menos selos do que o necessário; a correspondência foi devolvida e ele mesmo a abriu, indo para os ares.

Apesar de afirmarem que os homens são mesmo mais idiotas do que as mulheres, os pesquisadores reconhecem algumas limitações durante a investigação. Eles acreditam que os candidatos do sexo masculino podem ter sido simplesmente mais interessantes do que as possíveis mulheres "estúpidas".

Topo