Comportamento

Cidade canadense sediará orgia para pessoas com deficiência

Reprodução/Twitter
Folheto do evento traz o preço do ingresso e sugere que os participantes usem máscaras para aumentar a sensualidade imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

 

Cansados de ver informações equivocadas sobre a sexualidade de pessoas com deficiência, os canadenses Andrew Morrison-Gurza e Stella Parikarova estão organizando uma orgia em Toronto, no Canadá. As informações são do jornal on-line americano "The Daily Dot".

A "Deliciously Disabled" (deliciosamente deficientes, em uma tradução literal do inglês), nome escolhido para o evento, será 100% acessível para aqueles que precisam de uma cadeira de rodas --pessoas sem deficiência também serão bem-vindas. O local escolhido foi o teatro Buddies in Bad Times, que normalmente realiza espetáculos de dramaturgia alternativa.

"Para escolher o lugar, os critérios avaliados foram acessibilidade e permissão para nudez e sexo", disse Fatima Mechtab, do Oasis AquaLounge, um clube de sexo da cidade, que também faz parte da organização da festa, ao "The Daily Dot".

A data escolhida, 14 de agosto, foi proposital. Na ocasião, a cidade de Toronto estará recebendo um evento de qualificação regional para os jogos paralímpicos, o que levará à cidade muitas pessoas com deficiência.

Nas redes sociais, Morrison-Gurza, idealizador da orgia, lançou "hashtags" com o nome do evento --#deliciouslydisabled e #deliciouslydisabledally-- como forma de iniciar conversas sobre sexo e deficiência.

"Criamos uma linguagem em torno da deficiência. O que você faria se visse alguém realmente sexy e deficiente em uma boate? Como iria descrevê-la?", questionou Morrison-Gurza ao jornal americano. "As 'hashtags' podem ser uma nova maneira de fazer isso, sem se basear em discurso político, por exemplo.”

Topo