Comportamento

Entenda o "pênis biônico" em dez perguntas e respostas

Getty Images
O implante do pênis biônico não vai aumentar o tamanho do órgão imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Nesta semana, o caso de Mohammed Abad, 42 anos, que implantou um "pênis biônico" 37 anos após perder o órgão sexual em um acidente, ficou conhecido mundialmente. Uma universidade na Europa, segundo o jornal britânico "The Sun", desenvolveu o aparato, que restaurou não só a ereção, como também a ejaculação do homem.

O "pênis biônico" de Abad é uma prótese peniana inflável, já disponível no Brasil. A seguir, o UOL Comportamento --com consultoria de Antonio de Moraes Junior, urologista e chefe do Departamento de Andrologia da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia)-- responde a dez perguntas sobre o equipamento. 

Você tem vergonha do seu pênis?

Resultado parcial

Total de votos
Total de votos

1 - A prótese peniana inflável serve para quem quer aumentar o tamanho do pênis? A prótese peniana inflável é indicada para o tratamento da disfunção erétil irreversível. Embora seja possível que a circunferência do pênis aumente, o objetivo do implante é a reativação da atividade sexual e não a ampliação peniana.

2 - Após o implante do "pênis biônico", o homem terá ereção permanente? A prótese inflável reproduz a ereção tal como ela ocorre quando o homem não tem disfunção erétil. Isso porque o sistema desse tipo de aparato imita o fluxo sanguíneo natural no momento da ereção. Trata-se de uma tecnologia de inflação e deflação totalmente controlável, o que permite a ereção apenas no momento desejado.

3 - É possível identificar os homens que possuem prótese peniana inflável? Todos os componentes são internos e, por isso, aparentemente, não é possível perceber a existência da prótese. Além disso, o "pênis biônico" permite o estado de flacidez quando não há o desejo da ereção.

4 - Como a prótese é implantada? É um mecanismo moderno composto por uma bomba, implantada no saco escrotal, que ativa e desativa o sistema de ereção, e um reservatório localizado no abdômen, que envia o fluido para preencher os cilindros alojados no pênis, conferindo rigidez ao membro.

5 - O "pênis biônico" não interfere na ejaculação e no orgasmo? Se o paciente costumava ter orgasmos antes de receber a prótese peniana inflável, continuará a tê-los normalmente. O mesmo vale para a capacidade de ejaculação.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

6 - O implante de prótese peniana inflável afeta a fertilidade? O paciente que realiza o implante permanece fértil. Os testículos, local onde são produzidos os espermatozoides, são conservados e o processo de ejaculação não é afetado. Dessa forma, é possível que o homem tenha filhos.

7 - Após o implante do "pênis biônico", o sistema urinário funciona normalmente? A cirurgia não interfere nas vias urinárias.

8 - A prótese inflável precisa ser trocada após determinado tempo? A troca só é realizada em raros casos de falha mecânica.

9 - É possível que o organismo rejeite o implante? Como em qualquer cirurgia de implante de próteses, a possibilidade de eventuais complicações existe. No caso das próteses penianas, a chance é mínima. Infecções ocorrem em apenas 3% dos casos.

10 - Os planos de saúde e o SUS (Sistema Único de Saúde) cobrem o procedimento? Não. Apenas a prótese semirrígida está disponível no SUS e na saúde suplementar (planos de saúde), mas a SBU indica a inclusão da prótese peniana inflável na relação de procedimentos que os planos de saúde são obrigados a oferecer aos usuários.

Topo