Comportamento

De boas: corrente nas redes sociais prega tolerância de forma bem-humorada

Do UOL, em São Paulo

Há cerca de dois meses, um casal decidiu criar a página "Deboísmo - Igreja dos de Boas" no Facebook. Segundo os gerenciadores da comunidade, existem várias outras com o mesmo propósito: mostrar para os internautas que as pessoas podem ter pensamentos e opiniões diferentes na internet sem ofender o outro.

"O deboísmo prega uma convivência pacífica entre todos e sem preconceitos", disse um dos fundadores --que prefere ter seu nome preservado-- ao UOL Comportamento.

A grande parte dos movimentos do deboísmo tem o bicho-preguiça como símbolo. De acordo com o criador da “Igreja dos de Boas”, o animal foi escolhido “pela aparência bondosa e pelo jeito tranquilo que leva a vida”.

Sobre denominar o "estilo de vida" de igreja, ele contou que foi uma forma de aproximar os religiosos.

"Entre todas as publicações em páginas de esquerda ou direita, feminista ou machista, cristãos ou não, existe uma discussão para tentar invalidar um pensamento diferente. Nossa ideia é que a Igreja dos de Boas traga essa sensação de assembleia e união de todos."

A frequência de posts é de dois por dia e até "mandamentos" foram criados para os que querem levar a vida "de boas", como "pequenos problemas não lhe afetarão se você for de boas".

A seguir, veja mais memes da página: 

 

Topo