Comportamento

Jovem gay faz post contra comentário homofóbico que fez sua irmã chorar

Reprodução/Facebook
Rapaz gay faz post contra homofobia imagem: Reprodução/Facebook

Do UOl, em São Paulo


O produtor de rádio Joseph Flinders, 21, de Manchester, na Inglaterra, decidiu usar o Facebook para dar uma resposta a um garoto homofóbico que fez sua irmã Lola, 11, chorar. Ao ouvi-la conversando com uma amiga sobre a homossexualidade de Joseph, o menino teria afirmado que aquilo era “nojento”. As informações são do jornal britânico “Daily Mail”. 

Em seu post na rede social “Carta Aberta ao Garoto Grosseiro que Chateou Minha Irmã”, Joseph afirmou nunca ter conhecido uma criança tão tolerante e compassiva quanto Lola. Como prova de sua aceitação e carinho, ela teria pedido para acompanhá-lo à parada gay. “Nada mal para uma criança de 11 anos”, falou.

O rapaz disse ainda que não costuma ser combativo, mas que o garoto teria atingido um ponto bastante delicado ao fazer sua irmãzinha sofrer. “Felizmente, o grupo ao qual você pertence está perto de ser extinto. Penso que essa é a última geração a ter pessoas de mente tão estreita”, escreveu na postagem.

Ao "Daily Mail", Joseph contou que começou a escrever o post com raiva, mas depois sentiu pena do garoto, por ele ter sido criado pensando que ser gay é errado. “Quis apenas dar o exemplo de como é ter tido uma educação decente.”

A mãe deles, Debra Brown, também postou um comentário dizendo que sente orgulho de ambos e que crianças não nascem homofóbicas, mas se tornam quando recebem uma educação preconceituosa.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

Topo