Comportamento

Cansada de ser questionada sobre ser mãe, jornalista desabafa no Facebook

Reprodução/Facebook
Emily desabafou sobre questionamentos sobre sua vontade de ser mãe imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

 

Cansada de ouvir a pergunta “quando você planeja ter filhos?”, a jornalista Emily Bingham resolveu fazer uma postagem para chamar a atenção e desabafar sobre o assunto em sua conta no Facebook.

Com uma imagem de um ultrassom, a jornalista fez um texto criticando a intransigência das pessoas. "Olá, pessoal! Agora que consegui a atenção de vocês com a foto de um ultrassom que peguei no Google, posso dizer que os planos reprodutivos e de procriação de uma pessoa NÃO SÃO DA SUA CONTA", escreveu na publicação.

“Antes de perguntar para um casal recém-casado quando eles vão começar uma família, antes de perguntar aos pais de um filho único quando a criança ganhará um irmãozinho ou irmãzinha, antes de perguntar para uma mulher de 30 anos quando ela planeja ter filhos porque, você sabe, o tempo está passando… Apenas pare! Por favor, pare! Você não sabe quem está lutando contra a infertilidade ou de luto por um aborto espontâneo ou lidando com problemas de saúde. Você não sabe quem está enfrentando problemas de relacionamento ou sofrendo com o estresse. Você não sabe quem está em cima do muro sobre ter filhos ou mais filhos. Você não sabe se a sua aparentemente inocente pergunta pode causar dor, sofrimento, estresse ou frustração”, continuou.

Por fim, Emily ainda disse que não importava se quem questionava o casal sobre o tema fosse a mãe, muito afim de virar avó, ou uma vizinha bem-intencionada. “Pergunte sobre o que eles estão interessados agora. Pergunte qual foi a melhor parte do dia da pessoa. Se ela quiser dividir algo tão íntimo como os planos de maternidade com você, irá falar”, escreveu.

Muitas mulheres se identificaram com a postagem, que já foi compartilhada mais de 70 mil vezes e recebeu mais de 30 mil curtidas. Nos comentários da publicação, várias pessoas contaram suas frustrações e desânimo ao ouvir perguntas sobre maternidade. 

Topo