Comportamento

Mulher transgênero é presa em penitenciária masculina e gera revolta

Reprodução/Daily Mail
Tara está presa em uma penitenciária masculina imagem: Reprodução/Daily Mail

Do UOL, em São Paulo



A prisão de uma mulher transgênero em uma penitenciária masculina gerou revolta na Inglaterra. Tara Hudson, 26 anos, passou por uma cirurgia de redesignação sexual há seis anos, mas está presa com homens porque seu passaporte ainda diz que ela é um deles. Um abaixo-assinado já reúne 5.000 assinaturas contra a decisão judicial. As informações são da versão on-line do jornal britânico "Daily Mail".

A maquiadora está em uma detenção da cidade de Bristol há cerca de três meses, após ser considerada culpada por um assalto. Para a mãe de Tara, Jackie Brooklyn, a situação da filha é humilhante e a coloca em perigo. "Ninguém consegue perceber qualquer diferença nela, pois ela é uma mulher maravilhosa. Essa condição é totalmente ultrajante porque os homens irão assediá-la", disse a mãe, que está lutando contra a decisão judicial.

De acordo com um porta-voz da prisão, a política é alocar os infratores de acordo o gênero legalmente reconhecido. "Existem regras rígidas em vigor para garantir que presos transexuais estejam em segurança e em conformidade com a lei", afirmou.

Topo