Comportamento

Estudo diz que não há mulher hétero; é "bi" ou homossexual

Lumi Mae/UOL
Mesmo que se diga atraída só por homens, mulher fica excitada pelo mesmo sexo imagem: Lumi Mae/UOL

Do UOL, em São Paulo



Um estudo da Universidade de Essex, na Inglaterra, descobriu que não devemos nos referir às mulheres como heterossexuais, pois elas ou são “bi” ou homossexuais. As informações são da versão on-line do jornal britânico "The Telegraph".

A pesquisa, que contou com a participação de 345 entrevistadas, mostrou vídeos eróticos de homens e mulheres para analisar a reação feminina. Os resultados --baseados em elementos como a dilatação das pupilas-- mostraram que as que se disseram atraídas apenas pelo sexo oposto ficaram excitadas ao assistirem mulheres nuas.

"Mesmo que a maioria das mulheres se identifique como heterossexual, quando se trata de desejo, elas são ‘bi’ ou gay", disse Gerulf Rieger, do Departamento de Psicologia da universidade.

O estudo, que foi publicado no jornal científico "Journal of Personality and Social Psychology", concluiu também que as lésbicas que se vestem de uma forma mais masculina não, necessariamente, apresentam comportamento sexual do mesmo gênero.

"Isso mostra que a forma como a mulher aparece em público não define sua preferência. As respostas sexuais femininas permanecem um mistério", afirmou.

Topo