Comportamento

Café indiano acolhe mulheres atacadas com ácido e alerta para violência

Reprodução/Facebook/Sheroes' Hangout
As mulheres do Sheroes' Hangout servem café e compartilham suas histórias imagem: Reprodução/Facebook/Sheroes' Hangout

Do UOL, em São Paulo

O Sheroes' Hangout é um café que, há quase um ano, faz parte do comércio de Agra, cidade da Índia. Porém, além de servir uma das bebidas mais populares do mundo, o estabelecimento tem missão importante: acabar com o estigma em torno de vítimas de ataques com ácidos e reabilitá-las para a sociedade. As informações são do portal de notícias americano "Take Part".

Reprodução/Facebook/Sheroes' Hangout
Café dá suporte para reabilitar as vítimas imagem: Reprodução/Facebook/Sheroes' Hangout

O café é uma das iniciativas do S.A.A (Stop Acid Attacks), grupo engajado em acabar com atos de violência contra a mulher. Com base na capital federal Nova Deli, a organização oferece ajuda com procedimentos médicos e dá suporte emocional às vítimas. Com a filosofia do "pague o quanto puder", todo o lucro arrecadado com as vendas é destinado à reabilitação de sobreviventes.

"Nossos visitantes são em sua maioria pessoas de todo o mundo que ouvem notícias sobre nós. As pessoas vêm aqui para saber como seguimos a vida após o ataque com ácido", disse Chanchal Kumari, 20 anos, uma das administradoras do café e sobrevivente de um ataque com ácido.

Agressões com ácido são uma triste realidade no país asiático. De acordo com a “Take Part”, uma organização do governo que registra violências do tipo estima que são mais de mil casos por ano --embora muitos não sejam denunciados por conta da vergonha e do medo de um novo ataque. 

Topo