Comportamento

Alimentos podem reduzir risco de disfunção erétil

Getty Images
Vida sexual masculina pode ser mais sadia com dieta rica em frutas, legumes, chá e vinho imagem: Getty Images

Nicholas Bakalar

The New York Times



Uma dieta rica em frutas, legumes, chá e vinho pode ajudar a reduzir o risco de disfunção erétil, constatou novo estudo.

Pesquisas anteriores sugeriam que os flavonoides, os antioxidantes desses alimentos, produzissem efeitos anti-inflamatórios que reduzem o risco de doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.

Para este estudo, publicado no periódico "The American Journal of Clinical Nutrition", os pesquisadores acompanharam 25.096 homens usando questionários alimentares a cada quatro anos. Periodicamente, classificavam a capacidade de manter uma ereção suficiente para o intercurso sexual em uma escala de cinco pontos. Nenhum tinha disfunção erétil no começo da pesquisa.

Ao longo de dez anos de estudo, 35,6% dos homens relataram o problema. Após usar controles para atividade física, hipertensão, ingestão de álcool, diabetes e outros fatores, os pesquisadores encontraram um alto consumo de vários tipos de flavonoides em homens com menos de 70 anos associado a um risco menor de disfunção erétil, entre 11% e 16%. O consumo elevado de frutas, grande fonte desses antioxidantes, estava associado a uma redução de risco na ordem de 14%. 

A grande amostra do estudo e o acompanhamento lhe conferem força considerável, mas sem provar causa e efeito.

Topo