Comportamento

Campanha quer colher depoimentos de mulheres sobre assédio

Reprodução/Facebook
"Precisamos falar do assédio" quer conscientizar sobre a violência contra a mulher imagem: Reprodução/Facebook

do UOL, em São Paulo

Depois das campanhas "Meu Primeiro Assédio", "Agora É que São Elas" e "Meu Amigo Secreto", mulheres que moram ou estarão em São Paulo durante a semana em que se comemora o Dia Internal da Mulher, de 7 a 11 de março, terão a oportunidade de falar publicamente sobre qualquer violência que já sofreram.

O projeto "Precisamos Falar do Assédio" estará com uma “van estúdio” em cinco locais da cidade para colher depoimentos e conscientizar sobre as situações de violência que a população feminina enfrenta rotineiramente. As mulheres que preferirem não se identificar poderão usar máscaras --disponíveis no veículo-- e ter a voz distorcida por meio de um software.

Após a gravação, as declarações serão editadas em um vídeo, que será exibido ao ar livre nas paredes laterais de alguns edifícios da capital paulista. A campanha é realizada pela Mira Filmes e tem o apoio da SPM (Secretaria de Políticas para as Mulheres).

Para sabe onde e quando o projeto estará, clique aqui

Topo