Comportamento

Revista digital faz ode ao clitóris em videoclipe

Do UOL, em São Paulo

A revista feminina digital "Refinery29" decidiu homenagear o clitóris, órgão responsável pelo prazer feminino, com o videoclipe de uma música que explica por que ele "é muito mais do que você pode ver".

Cantada pela americana Dorian Electra, conhecida por trabalhos incomuns, a letra da canção diz que, apesar de existir apenas para o bem-estar da mulher, o órgão tem sido mal interpretado, menosprezado e ignorado ao longo da história. Fala até que os próprios textos de medicina o ignoram.

Para acabar com o "mistério" em torno dessa parte da anatomia feminina, o vídeo faz uma viagem no tempo e mostra diversas peculiaridades, como o fato de ela poder aumentar em até dez vezes o seu tamanho quando estimulada.

Entre outras coisas, a letra diz que só é possível conhecer uma mulher depois de descobrir seu clitóris. Ao lado de estátuas antigas de homens nus, Dorian canta que, enquanto os homens sempre foram colocados em pedestais por conta da sua sexualidade, as mulheres nunca foram ensinadas a sentir prazer.

A música também fala sobre a caça às bruxas, na Idade Média, quando a chave para identificá-las "estava entre suas pernas". Nessa época, o estereótipo da mulher ligada à feitiçaria passava por aquelas que eram bonitas e capazes de seduzir homens casados e padres.

Em uma parte do vídeo, Dorian aparece fantasiada de clitóris e o órgão surge em um modelo 3D, surpreendendo o mundo por sua "arquitetura".

Topo