Relacionamento

Ciumentos traem mais? Veja análise de especialistas

Orlando/UOL
A insegurança e o desejo de controle estão entre os comportamentos típicos de ciumentos traidores imagem: Orlando/UOL

Thais Carvalho Diniz

Do UOL, em São Paulo

Você já ouviu a máxima de que ciumentos traem mais? Se sim, também sabe que as justificativas passam por insegurança, desejo de vingança e o fato de alguns infiéis atribuírem aos parceiros a capacidade de repetir a própria atitude. De acordo com os especialistas entrevistados pelo UOL, não é possível afirmar que todos aqueles que sentem ciúme são infiéis, mas é bem comum a ação estar associada ao sentimento.

Andrea Lorena Stravogiannis, coordenadora de pesquisa e tratamento do amor patológico e ciúme excessivo do Pro-Amiti (Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso) do IPq (Instituto de Psiquiatria) o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), diz que o comportamento está ligado ao indivíduo que sente um ciúme excessivo e não àquele que apresenta o sentimento de forma pontual e saudável.

"Estamos falando de uma pessoa que gasta muito tempo do seu dia preocupada com as atividades do parceiro. Ela trai quase que como forma de defesa para se antecipar porque acha que será traída. Também pode ser uma maneira de se vingar do parceiro que a faz sentir tanto ciúme", afirma Andrea.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

Em um outro perfil, as ações acontecem na ordem contrária da descrita acima: o indivíduo é infiel e por isso sente ciúme. "Nesse caso, a pessoa projeta no outro algo que faz parte das suas atitudes e, por medo de ser traído também, exagera na tentativa de controle do parceiro expondo o relacionamento a crises e mais crises de ciúme", declara Marina Vasconcellos, terapeuta familiar e de casal pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Segundo Thiago de Almeida, psicólogo e autor da tese "Ciúme Romântico e Infidelidade Amorosa entre Paulistanos: Incidências e Relações", do Instituto de Psicologia da USP, não é possível apontar sinais sobre como age um parceiro infiel, mas existem comportamentos típicos de ciumentos traidores, como a própria insegurança e baixa autoestima, desejo de controle e desconfiança exacerbada.

"Pessoas com históricos familiares de traição entre os pais, por exemplo, costumam não confiar em relacionamentos honestos e por isso podem expressar muito ciúme e até trair sem culpa. Existem também os que têm experiências com infidelidade em relações passadas e por isso acabam desconfiando de tudo e todos", afirma Almeida.

Andrea afirma que não podemos generalizar e é importante saber diferenciar um comportamento normal de um ciúme excessivo, que chega a ser uma doença e precisa de acompanhamento especializado.

"Um dos modos de distinguir o comportamento saudável do patológico é observar a proporção da reação da pessoa diante de algum fato que provoque ciúme. De qualquer forma, a traição sempre tem de ser analisada de forma particular, pois está ligada a fatores da personalidade de cada um", diz.  

Topo