Comportamento

Qual é o seu grau de perfeccionismo?

Faça o teste para saber se o seu comportamento passa dos limites quando o assunto é realizar tarefas com perfeição

  1. 210

    Diante de um novo desafio profissional que coloca seu emprego em jogo você sente:

    Thinkstock
  2. 310

    Regras existem para serem:

    Thinkstock
  3. 410

    Você cometeu um erro bobo em uma prova de inglês. Como você se sente?

    Thinkstock
  4. 610

    Você tem a sensação de que poderia usar mais a criatividade em seu trabalho, em vez de se preocupar com métodos ou rigor técnico?

    Thinkstock
  5. 810

    Você costuma reparar em detalhes aos quais ninguém dá muita atenção?

    Thinkstock
  • Thinkstock
    [[pts]] de 90 pontos

    Extremamento perfeccionista

    De acordo com as suas respostas, a mania de perfeição te transformou em uma pessoa nervosa, vulnerável e insegura. Por medo de fracassar, você nunca relaxa. Sofre com a opinião alheia e com excesso de autocrítica. A atenção exagerada aos detalhes acaba te desviando do que realmente interessa, gerando angústia. Repense seus valores para não comprometer seus relacionamentos ?e até sua saúde.

  • Thinkstock
    [[pts]] de 90 pontos

    Um pouco exagerado

    A mania de perfeição ainda não está prejudicando totalmente sua rotina e sua autoimagem, mas, de acordo com suas respostas, falta pouco para isso acontecer. Você ainda consegue perceber que uma ou outra ação poderia ser dispensada, sem comprometer resultados ou objetivos. Então, reveja atitudes e melhore sua autoconfiança.

  • Thinkstock
    [[pts]] de 90 pontos

    Você tem equilíbrio

    Você tem confiança no que faz. E, mesmo quando vacila, não se tortura ao avaliar prós e contras. Sabe que planejar e dar atenção aos detalhes são atitudes benéficas, mas com equilíbrio, sem tornar o caminho tortuoso. Por ter boa autoestima, demonstra segurança para encarar desafios e imprevistos.

  • Thinkstock
    [[pts]] de 90 pontos

    Não é o seu caso

    Você não é perfeccionista. E, de acordo com as suas respostas, tem um pouco de dificuldade de diferenciar o que exige mais cuidado do que não exige. Cuidado: se ser perfeccionista não é o ideal, ser relaxado também não é.

Topo