Comportamento

Você lida bem com as críticas?

Getty Images
imagem: Getty Images

Responsa às questões do teste e descubra se você sabe ouvir uma crítica negativa e tirar proveito dela.

  1. 210

    Você e um colega prepararam uma apresentação juntos. Mal o power-point começa a rodar, alguém pergunta se uma informação importante faz parte do conteúdo. Não faz. O que você sente?

    Getty Images
  2. 310

    Qual das qualidades abaixo você considera seu maior trunfo no trabalho?

    Getty Images
  3. 510

    Numa festa da empresa, uma amiga alerta que você está passando da conta com os drinques. Sua resposta:

    Getty Images
  4. 610

    Ao fazer um comentário meio venenoso sobre a secretária do setor você ouve uma reprimenda do colega da mesa ao lado. O que passa por sua cabeça?

    Getty Images
  5. 710

    Você mostra algo relativo ao trabalho na tela do computador para seu chefe. Ele mal olha e diz, simplesmente, "não gostei". Você pensa:

    Getty Images
  6. 910

    Você está atravessando um período de turbulência na vida pessoal e chega de cara amarrada no escritório. Um colega faz uma piadinha boba sobre sua aparência. Como você reage?

    Getty Images
  7. 1010

    Você, sem querer, comete um erro e como é profissional decide assumi-lo antes de o problema vir à tona. Como aborda o chefe?

    Getty Images
  • Getty

    Rebelde profissional

    Por excesso de autoconfiança (o que pode ser um disfarce para a baixa autoestima) você lida com as situações de forma arrogante e, em muitos casos, até agressiva. Não gosta de ouvir críticas, pois se considera competente demais para merecê-las. Aliás, prefere falar a escutar. Se invertesse essas prioridades, provavelmente, teria muito a ganhar profissionalmente. Assumir os erros não é problema algum; pior mesmo é tentar fingir que não os comete.

  • Getty

    Equilíbrio é o segredo

    Você tem maturidade suficiente para ouvir e filtrar as críticas e sabe o modo e o momento certo de argumentar quando acha que tem razão. Sabe separar os fatos das emoções, assume quando erra e se dispõe a corrigir o problema.

  • Getty

    Perfeccionista

    Sua mania de perfeição quase obsessiva só tem lhe trazido enorme sofrimento, além de ocultar seus talentos. Você se preocupa tanto com as possíveis consequências de suas atitudes que não relaxa nunca nem encontra energia para se concentrar nas atividades e na sua própria realização profissional. Lembre-se: bancar a vítima dificilmente conduz alguém ao topo.

  • Getty

    Você sempre foge da culpa

    Você evita a todo custo manchar a sua reputação profissional e não quer perder o reconhecimento e o status conquistados. Provavelmente, não tem autoestima nem segurança suficientes para lidar com a frustração. Assim, sua tática é transferir a culpa e a responsabilidade por seus problemas para os outros, para o azar, para o destino... Exigir menos de si e tomar as rédeas da própria carreira podem trazer resultados surpreendentes e positivos.

Topo