Comportamento

Seu parente é só chato ou é uma "serpente"?

Getty Images
imagem: Getty Images

Descubra, ao fazer esse teste elaborado com a consultoria da terapeuta de família Miriam Barros,psicodramatista pela SOPSP-PUCSP (Sociedade de Psicodrama de São Paulo - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo).

  • Getty Images

    Parente sem filtro

    Você tem um familiar que não é ruim, mas é extremamente curioso e, por isso, lança perguntas indiscretas sem a menor cerimônia e ainda fala mais do que deveria. Ele provavelmente faz isso com todos e não só com você.Por isso, não o leve a mal. A melhor maneira de lidar com alguém assim é responder, em tom de humor, aos gracejos dele. E, sempre que possível, dar respostas genéricas, sem entrar nos detalhes pessoais que você não quer abrir para a família inteira.

  • Getty Images

    Parente fofoqueiro

    Toda família tem aquela pessoa que adora falar sobre a vida dos outros e que sempre traz uma notícia quente para os encontros da parentada. E não dá pra negar que esse familiar pode ser bem divertido em alguns momentos. O problema é quando a vítima da fofoca é você! Para não correr grandes riscos, você nem precisa evitá-lo, basta que guarde os seus segredos só para alguns poucos parentes, aqueles em quem confia mais.

  • Getty Images

    Parente baixo astral

    É aquela pessoa que, mesmo sem perceber, consegue mudar o astral de um encontro, porque adora contar histórias ruins, desabafar problemas pessoais e até colocar obstáculos na vida dos outros. Para lidar com ele, é preciso muita paciência e determinação, principalmente para não se sentir culpado por estar alegre, enquanto o outro está triste. Nessa hora, basta ter em mente que é o parente que está sendo egoísta por querer contaminar os demais com a própria infelicidade.

  • Getty Images

    "Parente-serpente"

    Com esse familiar você precisa ficar ligado, porque ele sempre quer acabar com a alegria dos outros. E de propósito! Ele critica, faz comentários maldosos e pode até agir para prejudicar alguém por pura inveja ou qualquer outro sentimento mal resolvido. Nesse caso, o melhor é se afastar tanto quanto for possível. Se for inevitável encontrá-lo, aja de maneira neutra e não exponha a sua vida em hipótese alguma.

Topo