Comportamento

Que tipo de sogra é a sua?

Thinkstock
imagem: Thinkstock

Para saber a resposta, faça o teste elaborado com a consultoria de Carlos Esteves, psicólogo clínico pela PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná) e especialista na área comportamental.

  1. 310

    Com que frequência vocês almoçam na casa da sua sogra?

    Thinkstock
  • Thinkstock

    Mãezona

    Amorosa, ela adota os pretendentes dos filhos como se fossem seus e, às vezes, até exagera nos cuidados. Por outro lado, procura não ser muito invasiva, proporcionando autonomia e liberdade de decisões ao casal. É bom apenas que você não confunda os papéis: ela é sua sogra, não sua mãe. E uma boa relação com a sogra deve ter as mesmas características presentes em uma amizade, sem nenhuma hierarquia de poder ou de controle.

  • Thinkstock

    Rival

    Dona de uma língua ferina, ela não perde a oportunidade de criticar. Parece que qualquer outra pessoa poderia ser melhor do que você. Porém, a culpa não é sua. Muito provavelmente, é a sua sogra que ainda não sabe compartilhar o amor dos filhos com mais alguém. Para não prejudicar o seu romance, procure mostrar que você não está disputando espaço com ela e redobre a paciência, mas sem se intimidar.

  • Thinkstock

    Sem noção

    Controladora, ela vive dando palpites, mesmo quando não é consultada. No fundo, ela sofre com a perspectiva de ver seu ninho vazio e, por isso, tem ciúmes dos pretendentes dos filhos. Mas talvez ela só precise de outros interesses e atividades. De qualquer forma, vale a pena conversar a respeito com o par. Ele também pode tentar estabelecer alguns limites com a mãe, sem envolver você na história.

  • Thinkstock

    Superprotetora

    Ela simplesmente não percebeu que os filhos já cresceram. E acredita que ninguém no mundo sabe cuidar deles melhor do que ela própria. Tem medo dos perigos da vida e acaba estendendo sua "capa" superprotetora para toda a família, incluindo você. Com delicadeza, o casal precisa demonstrar que já tem maturidade para cuidar um do outro e da própria relação.

Topo