Comportamento

Você está pronto para casar?

Getty Image
imagem: Getty Image

Além de amor, o casamento exige boa dose de maturidade, tolerância e disponibilidade. Será que você está pronto para assumir esse compromisso? Esse teste pode ajudá-lo a refletir sobre a questão. A consultoria é de Marcelo Quirino, psicólogo pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

  1. 610

    Você ganha uma boa gratificação no trabalho. O que pretende fazer com o dinheiro extra?

    Getty Image
  • Getty Image

    Pronto para uma nova fase

    Você poderia viver só, mas está disposto a compartilhar a sua vida com outra pessoa e suas respostas indicam que tem a necessária maturidade para isso. Há espaço para um companheiro na sua vida. Você tem consciência de que o casamento implica responsabilidades e, muitas vezes, algum sacrifício, como diz o psicólogo Marcelo Quirino: "Quem está amadurecido para o casamento tem disposição de ouvir e tolerar um outro diferente sob o mesmo teto, lidando com os problemas sem fazer estardalhaço, chantagens emocionais ou projeções de culpa".

  • Getty Image

    Sem espaço para o par

    Você não parece disposto a dividir o seu espaço e a sua vida com outra pessoa. "O casamento pede uma certa dose de autoanulação em alguns momentos", diz o psicólogo Marcelo Quirino. Por isso, pense bem antes de tomar qualquer decisão. Afinal, o egocentrismo é um dos principais entraves de um relacionamento harmonioso. Segundo o psicólogo, em uma relação a dois é necessário que um sinta prazer em servir o outro. Caso contrário, as atitudes não serão naturais e, em algum momento, esse desequilíbrio surgirá na forma de negligência com o cônjuge, isolamento e infelicidade.

  • Getty Image

    Alta dose de dependência

    Um relacionamento estável e gratificante necessita de pessoas autônomas, capazes de lidar com os imprevistos que podem surgir na vida a dois. "Podemos não saber o que fazer em cada situação, mas precisamos estar amadurecidos para enfrentar e aprender a lidar com o novo", diz o psicólogo Marcelo Quirino. Contudo, suas respostas demonstram que você tende a depender do outro para tudo, o que pode atrapalhar a construção de um relacionamento saudável. ASeu primeiro passo rumo à autonomia é avaliar os próprios sentimentos: você está realmente amando a pessoa que está ao seu lado ou simplesmente criou um vínculo de dependência emocional com ela? Pense nisso.

  • Getty Image

    Ainda não chegou a hora

    Você até tem vontade de construir um relacionamento estável mas, nesse momento, está inteiramente concentrado em seus projetos pessoais. Trabalho e estudo não são incompatíveis com o casamento, mas o parceiro precisa sentir que recebe de você a mesma atenção que é dedicada às outras áreas. Talvez por isso você deva esperar um tempo até ficar com a vida mais estável, antes de dar esse passo. Segundo o psicólogo Marcelo Quirino, quem se casa sem estar preparado corre o risco de negligenciar tarefas e compromissos afetivos. O resultado? Conflitos recorrentes e estagnação da vida sexual, com prejuízos para a saúde do casamento e a sua própria.

Topo