Comportamento

Você tem vergonha do seu corpo?

Getty Images
imagem: Getty Images

Numa sociedade que estabelece e cobra tantos padrões, não são poucas as pessoas que se sentem inseguras com a sua imagem. Veja se é o seu caso com o teste elaborado com a consultoria do psicólogo Marco Antonio De Tommaso.

  • Getty Images

    Não, pelo contrário, adora se exibir

    Você não tem vergonha alguma do seu corpo. Na verdade, acha que tem diversos atributos físicos e gosta de mostrá-los. Mas atenção: ter autoestima é importante para viver feliz e em paz consigo mesmo. Já o narcisismo, ou seja, o amor excessivo ao próprio corpo, pode indicar insegurança. Por isso, vale ficar atento ao seu comportamento, reparar se não está querendo chamar atenção demais. Lembre-se que as pessoas interessantes possuem muitas outras características que podem ser valorizadas, além da beleza física.

  • Getty Images

    Não, você está feliz com o seu corpo

    Mais do que ser bonito, você considera importante mostrar o conjunto de características positivas que tem e que extrapolam o físico. E está certíssimo em pensar dessa maneira! A perfeição não existe, por isso, as pessoas precisam descobrir seus próprios pontos fortes e valorizá-los. Você sabe como fazer isso e ainda investe em outros atributos para impressionar, como a simpatia e o bom papo. Por isso, se torna interessante e agradável sempre, independentemente da aparência. Ponto para você!

  • Getty Images

    Um pouco

    Você tem vergonha de algumas partes do corpo, o que é absolutamente normal. Não achar que possui o corpo perfeito é comum à maioria das pessoas. Mas, em vez de tentar se encaixar em determinado padrão de beleza, porque você não descobre qual é o seu diferencial? Certamente há algumas características suas que são extremamente positivas. Então, o truque está em disfarçar aquilo que gosta menos em você e em valorizar o que tem de melhor. Mais do que ser ou estar bonito, o importante é sentir-se assim.

  • Getty Images

    Tem

    Pelas suas respostas, foi possível concluir que você não está nem um pouco feliz com o seu corpo. Mais preocupante do que isso foi identificar que você sofre excessivamente por causa da aparência e que é capaz de ficar trancado em casa por não gostar da imagem que vê no espelho. Se esse quadro já existe há algum tempo, o melhor é você procurar a ajuda de um terapeuta. O profissional irá ajudá-lo a descobrir os seus pontos fortes e a conviver com o que não pode ser mudado.

Topo