Comportamento

No amor, você confia no seu taco?

Getty Images
imagem: Getty Images

Ter autoconfiança é fundamental para construir um relacionamento saudável. Descubra se você está suficientemente seguro para impor seus pontos de vista na relação a dois, a partir do teste elaborado com a consultoria da psicóloga Estela Noronha, especialista em terapia comportamental pela USP (Universidade de São Paulo).

  1. 810

    O par propõe um programa diferente e você acaba detestando. Quando ele pergunta se gostou, o que responde?

    Getty Images
  • Getty Images

    Confia

    Você acredita na sua capacidade de conquistar alguém e se esforça para não abrir mão do que gosta e pensa só para agradar o outro. Por outro lado, também tem flexibilidade para conversar e é criativo para pensar em alternativas quando algo não sai como gostaria nos seus relacionamentos. Se percebe que está errado, chama para si a responsabilidade, mas não tem medo de apontar as falhas do outro, sempre de maneira gentil. Se continuar agindo dessa maneira, seus relacionamentos deverão fluir muito bem.

  • Getty Images

    Confia até demais

    Você tem excesso de autoconfiança e esse seu traço pode ser confundido com arrogância. Por acreditar demais no seu taco, acaba se descuidando do parceiro. É interessante ter em mente que, para uma relação dar certo, é preciso que as duas pessoas envolvidas tenham um mínimo de flexibilidade. E você, aparentemente, tem dificuldade de ceder. A partir de agora, pare para prestar mais atenção nas necessidades e nas vontades do outro. Isso poderá facilitar o estabelecimento de um vínculo duradouro com o par.

  • Getty Images

    Não confia

    Você não acredita no seu potencial de atrair e conquistar alguém. Por isso, está sempre esperando que o outro dê o primeiro passo e chega a abrir mão das próprias vontades e desejos, por medo de desagradar o par. Mas saiba que, para estar com você, o outro precisa aceitá-lo como é e isso só será possível se você se mostrar e se abrir. Tente valorizar as suas qualidades, em vez de gastar tanta energia tentando disfarçar as suas fragilidades.

  • Getty Images

    Confia, mas não sempre

    Você ainda oscila. Dependendo da situação, do parceiro e de como está se sentindo no momento, consegue se posicionar. Mas ainda é bastante vulnerável às pressões externas. Uma dica: quando estiver em dúvida sobre como proceder, pare e reflita. Não se deixe abalar pelo medo de perder o outro. Saiba que gentileza e franqueza, quando andam juntas, sempre fazem bem ao relacionamento.

Topo