Comportamento

Você é um profissional inseguro?

Getty Images
imagem: Getty Images

A resposta está no modo como você encara o trabalho. Faça o teste elaborado com a consultoria da psicóloga do trabalho Edelvais Keller, professora da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora) e tire a dúvida.

  • Getty Images

    Sim, está com a autoestima baixa

    Você tem altos e baixos, como qualquer profissional. No entanto, está dando mais atenção às suas falhas. Por isso, prefere ficar à sombra dos demais, sem dar suas opiniões nem brigar por suas ideias. Porém, com esse comportamento, dificilmente seu esforço será reconhecido. "Pessoas com baixa autoestima podem acabar se isolando, restringindo suas relações sociais, o que é ruim para a carreira e para a vida", explica a psicóloga Edelvais Keller. Conversar com um colega de confiança a respeito ou contar com a ajuda de um consultor de carreira podem ser boas estratégias para virar o jogo a seu favor.

  • Getty Images

    Sim, precisa se preparar melhor

    Você tem consciência de que precisa se dedicar mais para ascender no trabalho, mas essa não parece ser a sua prioridade no momento. O resultado é que você fica sempre alguns passos atrás dos outros colegas, tentando pegar carona nos bons resultados deles. Só que essa estratégia nem sempre funciona e você corre o risco de ser desmascarado a qualquer momento. "Um profissional sem conhecimento tende a se sentir inferior e, com isso, o sucesso torna-se cada vez mais difícil de ser alcançado", diz a psicóloga Edelvais Keller.

  • Getty Images

    Não, mas tem consciência dos seus limites

    Você tem segurança de sobra, mas sabe usar isso a seu favor, sem desmerecer o esforço dos outros. Por isso, frequentemente colhe os bons frutos do seu trabalho e dos projetos em equipe. "Profissionais com esse perfil sabem defender suas convicções, mas também sabem abrir mão delas com o intuito de se aprimorar. Além disso, lidam bem com a competição que, quando honesta, é saudável para todos", afirma a psicóloga Edelvais Keller. Se continuar assim, suas oportunidades serão crescentes. Afinal, esse é exatamente o tipo de profissional que as empresas buscam.

  • Getty Images

    É autoconfiante demais

    Sua autoestima e segurança são tão exacerbadas que você se considera melhor do que os seus pares dentro da empresa. Por isso, muitas vezes acaba dispensando a ajuda deles e pode até transmitir a imagem de arrogante. "Atualmente, as empresas buscam formar ambientes de produção coletiva e colaborativa. Nesse cenário, pessoas narcisistas e prepotentes não conseguem se sustentar por muito tempo", declara a psicóloga Edelvais Keller. Considere que, ao ouvir e aproveitar a opinião dos colegas, você poderá crescer mais rapidamente e trazer resultados melhores à sua empresa.

Topo