Comportamento

Qual gay de "Império" você seria?

Cláudio Bolgari, Leonardo ou Téo Pereira. Descubra qual desses personagens da novela "Império" tem mais a ver com você.

  1. 110

    Sua família inteira é torcedora fanática de um time de futebol, mas você prefere a equipe rival. Como age?

    Globo-Alex Carvalho/Globo-João Miguel Junior/Globo-João Miguel Junior
  2. 210

    Quando chega o fim de semana, o que você quer fazer?

    Globo-Alex Carvalho/Globo-João Miguel Junior/Globo-João Miguel Junior
  3. 1010

    O que move a sua vida?

    Globo-Alex Carvalho/Globo-João Miguel Junior/Globo-João Miguel Junior
  • Divulgação/TV Globo

    Cláudio Bolgari

    Contido, mas não necessariamente enrustido. Você deixaria claro a sua essência e as suas preferências para aqueles que ama e confia, mas não veria sentido algum em se expor para o restante da sociedade. Em parte, porque você teme ser julgado pelas suas escolhas, o que indica um preconceito contra si mesmo. Mas também porque acredita que ninguém tem nada a ver com a sua vida. O medo de ser julgado, no entanto, poderia levá-lo a viver uma vida dupla, como a de Cláudio Bolgari na trama das nove.

  • Divulgação/TV Globo

    Leonardo

    Você aceitaria viver de acordo com o que os outros consideram adequado. Se fosse aceitável no seu meio ser gay, por exemplo, assumiria suas preferências sem problemas. Já se fosse um tabu, você preferiria manter-se discreto e até se envolveria numa relacionamento heterossexual, como acontece com Leonardo. As oportunidades também teriam influência na sua escolha. Você considera que, às vezes,até vale a pena abrir mão de algumas preferências por uma vida mais tranquila.

  • Divulgação/TV Globo

    Téo Pereira

    Você não teria problema algum em assumir quem é de verdade. Teria até muito orgulho de si mesmo por ser autêntico. Por outro lado, também poderia guardar rancor se alguém o questionasse ou tentasse criticá-lo, atrapalhando o seu caminho, como acontece com Téo Pereira. O personagem, no fundo, é um romântico amargurado, por ter sofrido decepções amorosas em outros momentos da vida. O blogueiro passa tanto tempo cuidando da vida alheia que esquece da sua própria.

Topo