Comportamento

Você é facilmente manipulado?

Getty Images
imagem: Getty Images

Analise se você se deixa levar pela opinião dos outros, respondendo ao teste elaborado com a consultoria do psicólogo Aurélio Melo, professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo.

  • Getty Images

    Não, é manipulador

    Você é atento e não costuma cair na lábia dos outros. Pelo contrário, tem o hábito de usar as pessoas a seu favor, para conseguir o que quer. Mas esse comportamento pode prejudicar os demais. "Manipular é sempre uma tentativa de ludibriar o outro, conseguir algo sem que ele seja, de fato, a favor", explica o psicólogo Aurélio Melo. Em vez de tentar convencer as pessoas a agirem de acordo com os seus interesses, procure aceitar que elas pensam de modo diferente de você.

  • Getty Images

    É manipulado com frequência

    Você é flexível e está sempre disposto a ouvir novos pontos de vista, mas não é raro se deixar levar por eles, o que é perigoso. "Pessoas que se deixam manipular com facilidade, geralmente, ficam mais vulneráveis aos problemas", afirma o psicólogo Aurélio Melo. Por isso, é importante ter cautela. "Quem é facilmente manipulado pode ter prejuízos morais, financeiros e psicológicos", diz o especialista.

  • Getty Images

    Às vezes, para agradar os outros

    Vez ou outra, você acaba cedendo aos caprichos das pessoas com quem convive apenas para não desagradá-las. Porém, agir dessa forma pode fazer com que você se magoe. "Algumas pessoas se aproveitam dessa fraqueza para conseguirem o que desejam", diz o psicólogo Aurélio Melo. Para evitar problemas, pergunte a si mesmo se está sendo justo consigo quando passa por cima das próprias vontades.

  • Getty Images

    Não é manipulável, mas tem dificuldade de sustentar opiniões

    Você não é nada bobo, mas prefere concordar com o que dizem para não ter que entrar em discussões acaloradas ou arrumar problemas. Porém, segundo o psicólogo Aurélio Melo, é importante sustentar as próprias opiniões. "Expor e seguir o que acredita, sem impor aos outros a sua verdade, não é uma atitude desrespeitosa", diz o especialista.

Topo