Comportamento

Você é muito crítico com o seu par?

Getty Images
imagem: Getty Images

Suas atitudes são saudáveis para a relação? Faça o teste elaborado a partir de entrevista com o psicólogo Fabio Roesler, especialista em análise aplicada do comportamento pelo Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo).

  1. 1010

    O par divide com você segredos íntimos?

    Getty Images
  • Getty Images

    Nem um pouco crítico

    Vocês têm um relacionamento tranquilo e sem críticas. Saiba, no entanto, que isso nem sempre é um bom sinal. "Isso pode acontecer quando a pessoa idealiza demais o parceiro e não vê defeitos nele ou, quando vê, acha que o parceiro não tem capacidade de mudar", explica o psicólogo Fabio Roesler. Procure olhá-lo com outros olhos e permita-se, sim, uma observação crítica de vez em quando.

  • Getty Images

    Equilibrado

    Saber criticar é uma arte e você se sai bem nela. Utiliza, geralmente, a crítica construtiva, aquela que não é baseada no narcisismo e que dá ao criticado a chance de crescer e aprender, sem sentir-se humilhado. Mas há um lado ruim: quando a crítica, mesmo que construtiva, se torna uma constante, pode ser sinal de que algo não vai bem na relação. Reflita sobre isso.

  • Getty Images

    Exagerado

    Repare bem: provavelmente, suas críticas são sobre pontos dos quais o par não tem muito controle (ou dizem respeito apenas a escolhas pessoais). Se você reclama que ele é baixinho, por exemplo, ou da faculdade que cursou, está fazendo uma crítica vazia, já que não há como mudar isso. Preste atenção e tente fazer críticas construtivas, úteis para o crescimento do par.

  • Getty Images

    Destruidor

    Críticas são destrutivas quando englobam aspectos essenciais da identidade do criticado. Elas têm o poder de acabar com a autoestima. Parece que é o seu caso. Se for, avalie, primeiro, se está feliz com o relacionamento. Muitas vezes, as críticas referem-se a algo que falta em você mesmo.

Topo