Comportamento

Você está pronto para ter um animal de estimação?

Getty Images
imagem: Getty Images

Só gostar de brincar com bichos não adianta, é preciso estar disposto a assumir responsabilidades. Descubra se está preparado com o teste elaborado com a colaboração da veterinária Joseane Salvi, especializada em pequenos animais e formada pela Universidade Luterana do Brasil

  1. 910

    Quanto tempo do seu dia você dispõe para cuidar de um animal?

    Getty Images
  • Getty Images

    Está pronto

    Suas respostas indicam que você está preparado para ter um animal de estimação. De acordo com a veterinária Joseane Salvi, um bom dono é ciente de suas responsabilidades. "É quem oferece alimentação, conforto, abrigo, exercícios físicos, cuidados com a saúde e, principalmente, amor e atenção", diz

  • Getty Images

    Faltam alguns ajustes

    Suas respostas indicam que você está quase preparado para ter um animal. Faltam apenas algumas mudanças de pensamento e de comportamento. "Tem de conversar com a família e ter certeza de que todos aceitaram a ideia, avaliar se terão tempo e disposição para cuidar do bicho e lembrar que levarão para casa um animal que viverá 15 anos ou mais", afirma a veterinária Joseane Salvi

  • Getty Images

    Não está preparado

    Possivelmente, você gosta de animais, mas suas respostas indicam que não está disposto a mudar sua rotina para cuidar de um bicho por tantos anos. Mas isso não quer dizer que não possa curtir os animais de amigos. "A pessoa também pode ajudar ONG's, apadrinhar um bichinho carente, sem ter de assumir todas as obrigações geradas por ele", diz a veterinária Joseane Salvi

  • Getty Images

    Ainda não está pronto

    Suas respostas indicam que você gosta de animais e adoraria ter um, porém desconhece muitas das obrigações envolvidas com a criação de um bicho. Vale pesquisar mais sobre o tema antes de tomar uma decisão. "A carga de responsabilidade inclui fornecer espaço, afeto, cuidado médico, disciplina, alimentação de qualidade, entre outras coisas. É como ter um filho, só que o animal dependerá de você para sempre", diz a veterinária Joseane Salvi

Topo