Comportamento

Você tem amigos tóxicos?

Getty Images
imagem: Getty Images

Descubra a resposta fazendo o teste elaborado com a colaboração da psicóloga Leticia de Oliveira, membro da Sociedade Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental

  1. 510

    Já aconteceu de abrir mão de algo importante para você por pressão dos seus amigos?

    Getty Images
  2. 610

    Quando você compartilha seus pensamentos mais íntimos com amigos, como eles reagem?

    Getty Images
  3. 910

    Você tem medo de discordar dos seus amigos?

    Getty Images
  • Getty Images

    Tem e sabe

    Suas respostas indicam que você tem amigos tóxicos e sabe disso. Provavelmente, a convivência já lhe mostrou quem são essas pessoas e você aprendeu a lidar com elas. E essa é uma postura madura, segundo a psicóloga Leticia de Oliveira. "O melhor a fazer é tratar bem essas pessoas, mas não levá-las para a sua intimidade", diz

  • Getty Images

    Tem e não percebe

    Pelas suas respostas foi possível constatar que você tem amigos tóxicos, mas ainda não percebeu. Pelo menos, não até agora. "São os amigos que levam o seu humor e autoestima para baixo e estão sempre mostrando o lado ruim de tudo", afirma a psicóloga Leticia de Oliveira. Passe a prestar atenção nessas pessoas e pense de que forma pode evitar que interfiram na sua vida

  • Getty Images

    Não tem

    Suas respostas indicam que você não tem amigos tóxicos. Isso porque jamais aceitaria conviver com pessoas que colocam seu astral lá embaixo e que pouco se importam com o que está sentindo. Mas saiba que, às vezes, é inevitável lidar com essas pessoas. Nesses casos, eis o segredo: trate-as com respeito, só não exponha a sua vida pessoal

  • Getty Images

    Você é tóxico

    Suas respostas indicam que, provavelmente, é você quem tem agido como um amigo tóxico. Ou seja, é crítico e ofensivo demais ou oscila entre comportamentos bondosos e nocivos. "Pessoas tóxicas, normalmente, têm baixa autoestima e se sentem incapazes de atingirem seus próprios objetivos", diz a psicóloga Leticia de Oliveira. Agora que sabe disso, que tal repensar suas atitudes?

Topo