Comportamento

Que tipo de comentarista de internet você é?

Getty Images
imagem: Getty Images

Descubra qual é a imagem que os outros fazem de você a partir de suas postagens. O teste foi elaborado com a consultoria de Maura de Albanesi, mestre em psicologia pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo

  • Getty Images

    Exaltado

    Na maior parte do tempo, você comenta para reforçar seus pontos de vista e não aceita debater com quem pensa diferente. Postura que pode lhe trazer consequências desagradáveis. "Pessoas inflexíveis e autoritárias podem se prejudicar profissionalmente e socialmente, principalmente se não souberem medir as palavras. Os contatos via internet pedem discernimento, tanto quanto os que são feitos pessoalmente", declara a psicóloga Maura de Albanesi

  • Getty Images

    Dissimulado

    Você evita entrar em embates, mas utiliza indiretas para desqualificar as opiniões diferentes das suas. Como nem sempre se posiciona de maneira respeitosa, pode atrair inimizades. "Quem alimenta o conflito, mesmo que de forma dissimulada, está na realidade afirmando-se como certo, bom e ético, em detrimento do ruim, inadequado e moralmente condenável. Mas convém questionar esse posicionamento restrito", diz a psicóloga Maura de Albanesi

  • Getty Images

    Educado

    Você acredita que toda manifestação de opinião é válida, desde que respeitosa. Por isso, não hesita em se posicionar, seja com quem for. Além disso, costuma acolher e considerar as críticas que recebe. "Pessoas educadas e flexíveis discutem posições, perspectivas e não certo e errado, bom e mal. Não acreditam em uma única verdade possível, o que é bastante positivo para o desenvolvimento pessoal", diz a psicóloga Maura de Albanesi

  • Getty Images

    Isento

    Você, às vezes, até sente vontade de se posicionar. Mas, em geral, acha que não vale a pena comprar briga. Porém, segundo a psicóloga Maura de Albanesi, "deixar de se pronunciar com medo da crítica é tão maléfico quanto sair distribuindo opiniões exacerbadas na rede". Ela diz que é válido assumir uma postura ao perceber que tem algo relevante para acrescentar à discussão

Topo