Comportamento

Quem é você quando está de dieta?

Thinkstock
imagem: Thinkstock

Descubra se o seu comportamento muda, e como isso afeta a convivência com outras pessoas, quando é preciso fechar a boca. O teste foi elaborado com a consultoria do psicólogo Roberto Garcia Ramos Júnior, especialista em psicoterapia cognitivo comportamental.

  • Thinkstock

    Mal-humorado e reclamão

    Durante a dieta, você só vê o sacrifício que está fazendo, sem focar nos benefícios que a perda de peso poderá lhe trazer, a médio e a longo prazos. Por isso, fica mais sujeito a falhar e assim demora a obter resultados. "Se perceber que seu humor está instável por causa da dieta, tente compensar isso dedicando-se a atividades prazerosas e que relaxam, como ouvir música, assistir ao seu seriado favorito ou passear ao ar livre. Muitas delas podem ser feitas em grupo, sem atrapalhar suas metas", diz o psicólogo Roberto Garcia Ramos Júnior

  • Thinkstock

    Focado nos objetivos

    Você está eufórico com a possibilidade de mudar radicalmente o seu corpo e, focado nesse objetivo, pode até exagerar na dose, colocando em risco a saúde. É bom lembrar que, mais do que resultados rápidos, você deve batalhar por mudanças duradouras. "Uma dieta excessivamente restritiva pode provocar efeitos colaterais indesejados, como dores de cabeça, sensação de desgaste físico, mental e emocional. E é extremamente difícil levar um regime assim adiante", afirma o psicólogo Roberto Garcia Ramos Júnior

  • Thinkstock

    Disciplinado e defensor da causa

    Quando está de dieta, você segue todas as recomendações que recebe à risca, mas não resiste à vontade de converter os demais. Com isso, pode se tornar uma companhia desagradável, sem nem perceber, prejudicando a convivência social. "A melhor forma de contagiar os outros é pelo exemplo. O comportamento fala por si só e, quando os resultados aparecem, a tendência é que os demais o procurem para obter mais informações, de maneira voluntária", diz o psicólogo Roberto Garcia Ramos Júnior

  • Thinkstock

    Equilibrado e discreto

    Você quer perder peso, mas não trata isso como uma obsessão. Compromete-se com metas realistas, muda os hábitos gradativamente e não abre mão da convivência para se adequar à dieta. "Dosar as expectativas é uma das estratégias para persistir na dieta. A outra é se perdoar a cada vez que cometer um deslize, voltando ao planejamento inicial na mesma hora, sem esperar o dia seguinte para compensar", afirma o psicólogo Roberto Garcia Ramos Júnior. Ao que parece, você já coloca esses comportamentos em prática

Topo