Comportamento

Você toma iniciativa no sexo?

Getty Images
imagem: Getty Images

Expressar o seu desejo pelo par é fundamental para uma relação saudável. Descubra se você faz isso, a partir do teste elaborado com a colaboração da sexóloga Carla Cecarello

  1. 710

    Você já realizou com o par algumas de suas fantasias na cama?

  • Getty Images

    Não, precisa resgatar a libido

    Suas respostas indicam que você não toma a iniciativa no sexo e, além disso, tenta fugir das investidas do par. Provavelmente, não está usufruindo de todo o prazer e realização que o sexo traz. "O primeiro passo para sair dessa situação é conhecer o próprio corpo e ver o que o agrada. O segundo é comunicar seus desejos ao par", diz a sexóloga Carla Cecarello. Sentindo-se mais confortável na relação, você ficará naturalmente mais motivado a provocar sexualmente seu parceiro.

  • Getty Images

    Não, está muito distante do par

    Você até gosta de tomar a iniciativa mas, aparentemente, está desestimulado a fazer sexo com o par. Porém, antes de mudar de parceiro, pense em ter uma conversa franca com ele. "Algumas pessoas são mais tímidas e reprimidas em relação ao sexo, outras têm medo do julgamento alheio. Vale a pena tentar entender o que acontece com o seu par e deixar bem claras as suas vontades", afirma a sexóloga Carla Cecarello.

  • Getty Images

    Sim, mas respeita a vontade do par

    "Ao tomar a iniciativa para o sexo, você reafirma o quanto é gostoso ter uma relação com o par. O que é muito saudável na relação", diz a sexóloga Carla Cecarello. Suas respostas indicam que você já sabe disso e não tem medo de ser julgado. Fala abertamente de seus desejos, mas também sabe ouvir. E, quando percebe que o par está em um dia ruim, procura não pressionar. Dessa forma, estabelece um equilíbrio que, provavelmente, garante o prazer dos dois.

  • Getty Images

    Sim, mas pode sufocar o par

    Você sempre toma a iniciativa e, aparentemente, nem dá chance ao par de dizer quando quer, o que quer e como quer. Pode ser que esteja pensando apenas no seu prazer, o que prejudica a relação. "Talvez o par nunca tome a iniciativa porque você nem dá a ele a chance de fazer isso. Outro ponto é que a vontade do parceiro precisa ser respeitada. Se ele não se sentir valorizado na relação, um dos efeitos possíveis é a diminuição do desejo", diz a sexóloga Carla Cecarello.

Topo