Gravidez e filhos

12 opções industrializadas mais inteligentes para os lanches das crianças

Thamires Andrade

Do UOL, em São Paulo

É senso comum que não se deve abusar dos alimentos industrializados e processados, geralmente repletos de substâncias como açúcares, gorduras trans e sódio, que provocam obesidade e outros problemas de saúde.

Mas, na correria do dia a dia, ao preparar o lanche da escola, muitos pais acabam optando por esses produtos. O ideal é que os adultos deem preferência a alimentos frescos para colocar nas lancheiras dos filhos, mas, quando não for possível, há nas prateleiras dos supermercados escolhas mais inteligentes.

À convite do UOL, nutricionistas listam alguns desses produtos:

  • Divulgação

    Polvilho integral, da Crek Crek

    De acordo com Tania Bottino, nutricionista especializada em alimentação infantil, o biscoito de polvilho integral da Crek Crek é uma boa opção para o lanche da criançada por ter pouco sódio e não ter gordura trans. "Além disso, ele não tem gordura hidrogenada nem leite, ou seja, é uma opção também para as crianças com alergia ou intolerância à lactose", fala.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Purê de frutas, da Pic-Me

    Ainda que o ideal seja ofertar a fruta in natura para a criança, o purê de frutas da Pic-Me é um ótimo produto para estimular o consumo de frutas, segundo a nutricionista Tania Bottino. "É um produto livre de conservantes e aditivos químicos, além de não ter adição de açúcar. No entanto, o consumo não deve ser uma rotina, pois é interessante que a criança descasque, sinta a textura do alimento e saiba qual é a fruta que está comendo", afirma a especialista.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Cookies integrais, da Jasmine Alimentos

    Outra opção de lanche para as crianças, segundo a nutricionista Tania Bottino, são cinco unidades de cookies integrais da Jasmine Alimentos. Apesar de ser um biscoito industrializado, a nutricionista diz que ele tem baixo teor de sódio e gorduras saturadas, além de ser isento de gordura trans, conservantes e outros aditivos nocivos à saúde.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Biskui, da Bauducco

    A nutricionista especializada em alimentação infantil Tania Bottino sugere quatro unidades do Biskui, da Bauducco, nos sabores gergelim ou levemente salgado, como uma boa opção de lanche da escola. "O biscoito não tem leite na composição nem gordura trans, e o teor de sódio é baixo em comparação com grande parte das opções dos biscoitos salgados disponíveis", afirma.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Leite fermentado, da Yakult

    O leite fermentado, da Yakult, é outro produto recomendado pela nutricionista especializada em alimentação infantil Tania Bottino. "Ele aumenta a imunidade, ajuda no equilíbrio do funcionamento intestinal, inibe a produção de novas toxinas, impede a multiplicação de novas bactérias que não fazem parte do nosso organismo, além de contribuir com a digestão dos alimentos", afirma.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Mel e cacau, da Belvita

    Para as crianças que têm dificuldade de abrir mão da bolacha de chocolate, A nutricionista Tania Bottino indica o consumo de três unidades dos biscoitos Belvita no lanche. "Ela tem açúcar na composição, o que não é positivo, no entanto, tem um sabor similar às bolachas de chocolate e é uma opção mais saudável", fala.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Iogurte grego morango, da Batavo

    Segundo a nutricionista especializada em alimentação infantil Tania Bottino, o iogurte grego da Batavo tem mais proteína do que a maioria dos iogurtes. "A quantidade de carboidrato e de proteína é suficiente para que um pote seja um lanche completo", diz.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Suco de uva, da Suvalan

    Nem sempre dá tempo de preparar um suco fresquinho para o filho levar para escola, mas nem por isso é preciso colocar um néctar cheio de açúcar na lancheira. A nutricionista especializada em alimentação infantil Tania Bottino indica o suco de uva, da Suvalan, por não ter adição de açúcar, conservantes nem corantes. "A marca também tem outros sabores, como abacaxi, e maçã", afirma.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Água de coco, do Bem

    Outra opção refrescante e que costuma agradar às crianças é a água de coco. Tania Bottino recomenda a marca do Bem, pois, além de ser saudável, ela tem cálcio, fósforo, magnésio e ferro em sua composição.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Tabletitos de chia, da Leve Crock

    A equipe de nutricionistas do programa Meu Pratinho Saudável recomenda os tabletitos de chia da Leve Crock. Segundo as especialistas, a chia é rica em fibras que ajudam na saciedade, no funcionamento do intestino e no controle do colesterol alto no sangue.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Barra de cereal com maçã e amêndoas, da Hart's Natural

    A barra de cereal com maçã e amêndoas da Hart's Natural é uma opção de lanche à base de frutas e oleaginosas. De acordo com a equipe de nutricionistas do programa Meu Pratinho Saudável, o produto é rico em fibras, que ajudam a controlar a saciedade e o funcionamento do intestino, além de ter gorduras boas para a saúde do coração.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Cookies integrais cacau, da Kobber

    Para mostrar que o chocolate pode estar presente nos lanches, porém na forma de cacau, e não achocolatado, a equipe de nutricionistas do programa Meu Pratinho Saudável recomenda os cookies integrais de cacau da Kobber. Além de ser integral, o produto não tem gordura trans e é rico em fibras, que aumentam a saciedade.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Suco de tangerina orgânica, da Fazenda da Toca

    Com selo de certificação de produto orgânico, a fruta é o primeiro item da lista de ingrediente dos sucos da Fazenda da Toca. A equipe de nutricionistas do programa Meu Pratinho Saudável recomenda o produto para os lanches escolares por não terem adição de açúcar, corantes e aromatizantes.

    Imagem: Divulgação

Topo