Festas

Bolo quebrado e bebida quente? Como resolver 11 imprevistos em festas

Getty Images
Algumas situações podem ser facilmente contornáveis imagem: Getty Images

Beatriz Vichessi

Colaboração para o UOL

Bebida quente, bolo pequeno para a quantidade de convidados e poucas lembrancinhas... Esses são alguns dos perrengues comuns para quem está dando uma festa. Para auxiliar os pais, o UOL reuniu 11 situações aparentemente fora de controle e dicas de como driblá-las para celebrar o aniversário do filho sem estresse.

Consultoria: Claudia Carvalho, sócia da empresa Os Bacanas; Camila Relva, cerimonialista, e Dani Toledo, designer de festa da empresa Gabi Pinheiro - A Festa Feita À Mão. Todas de São Paulo. 

  • A bebida oferecida não está gelada e a festa já começou

    É preciso correr, comprar gelo e colocar as bebidas em meio a ele, de preferência dentro de um recipiente resistente e grande, com alças. É possível usar caixas de isopor, mas lembre-se de que elas não são muito resistentes e, se for preciso mudá-las de lugar no decorrer do evento, podem quebrar. O ideal é que o gelo cubra todas as garrafas e/ou latas. Para acelerar o processo de resfriamento dos líquidos, você pode misturar um pouco de álcool e sal grosso ao gelo. Essa solução ajuda em emergências, mas, na verdade, é o modo correto de resfriar as bebidas antes de a festa começar.

  • O bolo não será suficiente para servir todos os convidados

    Avise quem for cortar o bolo para servir pedaços menores e oferecer uma só vez aos convidados. Também é interessante retirar o bolo da mesa logo após o "Parabéns" e cortá-lo na cozinha, com calma, para calcular bem o tamanho das fatias e ir contando os pratos já servidos. Para compensar os pedaços pequenos, ofereça os docinhos junto ao bolo. Para não errar da próxima vez, tenha em mente que um bolo de cinco quilos rende cerca de 60 fatias.

  • Os convidados continuam no salão, mesmo após o término da festa

    É preciso, delicadamente, começar a organizar as coisas da festa, recolher o que está em cima da mesa e parar de servir os convidados. É comum, inclusive, que os convidados se proponham a ajudar com a desmontagem da festa --raramente a situação causa desconforto.

  • Um convidado passou dos limites por ter consumido muita bebida alcóolica

    O anfitrião deve avisar aos garçons ou a quem estiver servindo a bebida que determinado convidado está se excedendo e orientar a ignorarem seus pedidos, demorando mais para servi-lo e, quando o fizer, colocar água misturada à bebida. Se a festa estiver próxima ao fim, vale interromper o serviço e oferecer a todos café e chá. Ao planejar a comemoração, para evitar que esse tipo de situação ocorra, evite um cardápio etílico extenso. Festa de criança, na realidade, não precisa disso. Ainda assim, para quem faz questão, cerveja basta.

  • Os salgadinhos não estão quentes e a festa já começou

    Você pode recorrer ao micro-ondas, mas saiba que os salgadinhos vão ficar amolecidos. O forninho elétrico é a opção mais eficiente. Enquanto faz isso para resolver o problema emergencialmente, ligue o forno na temperatura máxima para que ele fique bem quente. Depois, baixe a temperatura e vá colocando os salgados em diversas assadeiras para compensar o atraso. O ideal, em dia de festa, é que o forno esteja bem quente no horário que a festa começa e com diversas formas de salgadinhos dentro dele, quentinhos. Para ajudar a manter a comida quente, cubra as assadeiras com papel alumínio --elas ajudam a segurar o calor.

  • Uma criança caiu, mas não se machucou

    Se estiver na festa, o responsável por ela deve ser avisado imediatamente. Caso não esteja, quando for buscar o filho, ele deve ser notificado por você assim que chegar, mesmo tendo sido algo simples. Fale de modo claro e direto: "Seu filho caiu durante a festa, chorou um pouco, foi atendido rapidamente e notamos que não aconteceu nada de sério". Com a criança, logo depois do acidente, a postura do dono da festa deve ser a mais atenciosa possível: pergunte se ela está bem, onde está sentindo dor, se quer ir embora etc. É sempre interessante manter uma caixa de primeiros socorros e uma lista com os telefones dos responsáveis pelas crianças por perto, no caso de algo mais grave acontecer. Às vezes, inclusive, basta que a criança fale com os pais por telefone para se tranquilizar e voltar a se divertir.

  • Há mais crianças na festa do que o número de lembrancinhas

    Dependendo da decoração escolhida para a festa, é possível dar alguns itens para os convidados que apareceram em cima da hora. Mesas de festas infantis costumam ter peças que são verdadeiros brinquedos e fazem a alegria da criançada. No entanto, o ideal é sempre ter mais lembrancinhas que o número de crianças convidadas para evitar a saia-justa de alguém pedir uma para levar para o sobrinho que ficou doente e não pôde comparecer, por exemplo.

  • Planejei um piquenique no quintal, mas está chovendo ou fazendo muito frio

    Transfira a festa para dentro de casa. Decore o ambiente de modo sutil, não é preciso disfarçar a ponto de os convidados não perceberem que você teve de mudar de lugar em cima da hora, afinal, imprevistos acontecem. Você pode decorar a sala com luzinhas de árvore de natal, por exemplo, mais o restante da decoração planejada para o piquenique. É possível também afastar os móveis para deixar o espaço livre e fazer o piquenique na sala mesmo. O importante é sempre ter um plano B quando se quer fazer qualquer evento em ambiente externo e deixar a casa organizada para receber os convidados, se necessário. Também vale, como prevenção, deixar registrado no convite que, em caso de mau tempo, a festa será transferida de endereço e informar o local.

  • Os monitores contratados para animar as crianças não apareceram

    Não deixe as crianças sozinhas e brincando por conta própria. A chance de brigarem em algum momento é grande. Reúna os convidados mais animados e peça ajuda para entreter a turma. Também vale chamar o aniversariante e pedir a ele que ajude a selecionar os brinquedos mais bacanas para brincar com os colegas, como bola, corda, bonecos e triciclos. Também vale oferecer aos convidados giz de cera e papel para desenhar. Caso a festa não tenha convidados adultos, só crianças, telefone para a mãe de alguma delas e pergunte se pode ajudar no papel de monitora.

  • Os garçons contratados para servir os convidados faltaram

    Disponibilize as bebidas em baldes de gelo ou coolers (recipientes térmicos) e a comida sobre as mesas. Não se esqueça de deixar guardanapos à disposição também. Convide todos a se servirem sem cerimônia. Peça ajuda para convidados mais próximos. Enquanto um fica de olho nos salgadinhos sendo esquentados no forno, outro controla o gelo para as bebidas e mais alguém ajuda a recolher o lixo que vai sendo deixado no ambiente. Na hora de servir o bolo, vá cortando os pedaços e deixe os pratos na mesa, assim, quem quiser pode ir se servindo. Se o fotógrafo contratado para registrar a festa não aparecer, vale pedir aos convidados que ajudem usando o próprio celular. As pessoas adoram ajudar com esse tipo de demanda.

  • O bolo de andares e todo decorado desmoronou antes de chegar à mesa

    Recorra à boa e velha solução do bolo embrulhado com papel alumínio e faça torres e pirâmides com os pedaços em meio à decoração da mesa.

Topo