Gravidez e filhos

Dez perguntas e respostas sobre a troca de fralda e o banho do bebê

Getty Images
Para o banho, prefira sabonete líquido; a versão em bara acumula micro-organismos imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Ao trazer o recém-nascido para casa, os pais se deparam com uma rotina de cuidados que, apesar de prazerosa, pode suscitar várias dúvidas nos primeiros dias. Por isso, o UOL conversou com três pediatras e reuniu respostas para as dez perguntas mais comuns.

Fontes: Werther Brunow de Carvalho, pediatra do Hospital Santa Catarina; Wylma Maryko Hossaka, pediatra do hospital Beneficência Portuguesa, e Mariana Deboni, pediatra do Hospital Sírio Libanês, todos em São Paulo.

  • Quais produtos são realmente necessários para a higiene do bebê?

    Nas trocas de fraldas, em casa, basta algodão embebido em água morna. Ao sair com a criança, pode-se usar lenços umedecidos. Para o banho, prefira sabonete líquido com perfume suave e que possa ser utilizado no corpo e nos cabelos (a versão em barra acumula mais micro-organismos). Por fim, cotonete para enxugar o umbigo e entre os dedos.

  • Que cuidados devem ser tomados na hora de limpar os genitais?

    Para meninos e meninas, a orientação é a mesma: a limpeza deve ser feita de cima para baixo. Não se deve fazer a limpeza da região perineal e anal em direção ao genital. E nada de pressionar a região para garantir a correta higienização.

  • Deve-se usar pomada para assaduras em toda troca de fralda?

    O produto ?que tem de ter óxido de zinco e petrolatum na sua fórmula-- deve ser reservado para quando o bebê apresentar sinais de assadura. Segundo os médicos ouvidos, não há evidência de que a sua utilização em toda troca evite o surgimento do problema. Caso apareçam assaduras, aí, sim, é preciso usar a pomada toda vez que a criança for trocada, o que deve ocorrer em intervalos menores.

  • O bebê pode tomar mais de um banho por dia?

    Pode, mas o sabonete deve ser usado apenas uma vez, para evitar o ressecamento. Nos outros momentos em que o bebê for para a banheira, apenas água é suficiente para higienizar e refrescar.

  • É preciso fazer um último enxágue no banho com água limpa?

    Sim. A água da banheira acumula bactérias, resíduos de pele e sabão. Por isso, antes de tirar o bebê da banheira, o ideal é jogar água limpa sobre o corpo dele.

  • Há hidratantes para bebês. É necessário usar esse tipo de produto?

    O item só é recomendado quando o bebê apresenta dermatite (inflamação da pele) e, nesse caso, o objetivo será terapêutico e não cosmético. No dia a dia, dispense.

  • Como retirar as crostas que aparecem no couro cabeludo do bebê?

    As crostas não são nada além de restos de tecido e oleosidade do couro cabeludo. Elas podem ser facilmente retiradas quando amolecidas. Para isso, basta aplicar óleo infantil na região 30 minutos antes do banho. Depois, já na banheira, pode-se usar um pente fino para remover delicadamente as casquinhas soltas. A remoção tem de ser diária para impedir a proliferação de bactérias e fungos.

  • Como fazer a higiene do umbigo, antes e depois de cair?

    O coto umbilical leva de sete a 14 dias para cair. A higienização deve ser feita com álcool 70%, vendido em farmácias. A cada troca de fraldas, o coto umbilical deve ser limpo em toda sua extensão, com a ajuda de um cotonete embebido no líquido. Após cair, a cicatriz ganha o nome de umbigo. Ela deve ser higienizada da mesma maneira até que a região fique completamente seca, momento em que deixa de exigir cuidados especiais.

  • Qual é a melhor forma de limpar as orelhas?

    Caso não haja casquinhas, basta limpar a região externa com a toalha úmida, após o banho. Se houver, pode-se usar um cotonete embebido em óleo de bebê para amolecer, mas apenas na parte externa.

  • Quais os cuidados para cortar as unhas?

    As unhas dos bebês devem ser cortadas sempre que estiverem grandes, pois é muito comum a criança se arranhar. O ideal é escolher um local iluminado e um momento em que cuidador e bebê estejam tranquilos. Além disso, é preciso usar um cortador específico para bebês, como tesourinhas com pontas arredondadas. Se estiver difícil de cortar, uma solução é apenas passar uma lixa de leve, apenas para arredondar os cantos das unhas.

Topo